Terra Magazine

Monday, 11 de July de 2011

Novo endereço do blog

Eduardo Cruz às 07:17:57

Caros Leitores,

O blog Mano a Mano está com endereço novo. Para manter-se atualizado sobre notícias referentes aos principais lutadores brasileiros no UFC e em todo o mundo, acesse HTTP://manoamano.blog.terra.com.br e siga o blog no twitter@EduardoCruzMMA.

Blogs que citam este Post

Thursday, 7 de July de 2011

Entrevista: Junior Cigano "Não existe nada que me faça tão feliz quanto ser lutador"

Tags: , - Eduardo Cruz às 09:17:34

(Foto: UFC)

Junior dos Santos (13v-1d MMA, 7v-0d UFC) chegou o topo da categoria dos pesos pesados do UFC com sete vitórias, das quais somente duas não terminaram em nocaute ou por interrupção do árbitro.

Em sua lista de oponentes figuram nomes importantes como Fabrício Werdum, primeiro lutador a finalizar Fedor Emelianenko, Mirko "Cro Cop" Filipovic, vencedor do grand prix peso aberto do PrideFC e Shane Carwin, ex-desafiante ao cinturão da divisão.

Em entrevista exclusiva a este blog, o catarinense de 26 anos explicou os motivos que o levaram a romper com o empresário Ed Soares, da ToughMediaInc, falou sobre o maior desafio de sua carreira contra o campeão Cain Velasquez, treinos com Dórea e o retorno de Rodrigo Minotauro, atleta que o revelou para o mundo da luta.

Confira o papo com "Cigano"

Mano a Mano: Por que você rompeu com o Ed Soares e a ToughMediaInc? Essa decisão pode de alguma maneira afetar o relacionamento com os demais atletas e consequentemente na preparação para os próximos combates?

Junior dos Santos: A razão deles não serem mais os meus empresários foi uma coisa relacionada ao fato de eu estar procurado evoluir, procurando ter mais atenção, entendeu? Eles sempre foram ótimos comigo, são meus amigos ainda, são pessoas que eu sempre vou ouvir, entendeu. Gosto muito do Joinha [Jorge Guimarães], do Ed também, mas tem uma hora em que você não está satisfeito com algumas coisas e eu achei melhor também continuar com alguém que me desse um pouco mais de foco, só isso. E quanto ao relacionamento com os outros lutadores, continua o mesmo. A gente é Team Nogueira e a Black House é uma academia para suprir o que a ToughMedia tem de lutadores, então eu não faço mais parte da Black House mas sim do Team Nogueira, onde Minotauro, Minotouro, o Anderson, todo mundo é, entendeu? Então não mudou nada quanto a isso.

Gerenciando a sua própria carreira, quais oportunidades você acha que terá de agora em diante e que não teve anteriormente?

Eu nem digo oportunidade assim, acho que são pessoas que vão trabalhar com o meu nome e que irão vendê-lo como na verdade não estava sendo vendido, entendeu? Acho que as oportunidades chegam com certeza, principalmente agora que vou disputar o cinturão. Antes o Ed e o Joinha que corriam atrás das coisas relacionadas aos bônus dentro e até fora do UFC, mas agora terei um foco maior em mim e eles vão me atender melhor do eu estava sendo atendido, acredito.

Você optou por morar em Salvador, Bahia. Você já é reconhecido pelo público baiano nas ruas? Como é o assédio aí na terra do Axé?

Ah, sou sim. As pessoas já estão acostumadas comigo e realmente o assédio do público local é grande. Eu gosto muito de morar em Salvador, vou continuar morando aqui porque é uma cidade muito boa, e inclusive a academia do meu professor e técnico [Luis Carlos] Dórea fica aqui, então gosto de morar em Salvador.

Além do Dórea como treinador, quem são os seus parceiros de treino aí? Quem faz luva contigo, trabalha o seu chão?

Aqui eu tenho o meu treinador de jiu-jitsu, o Yuri Carlton, o Ednaldo Lula, o Paulão, e tem todo o time do Rio de Janeiro que também vem pra cá além de lutadores de outras equipes. O Demian Maia vem muito treinar aqui com a gente, do pessoal vem Minotauro e o Minotouro, que estão direto por aqui e sempre vêm para treinar.

Vamos falar um pouquinho do Dórea. Qual é a importância do Dórea na sua preparação e como é o relacionamento de vocês nesse tempo em que trabalham aí na Bahia?

O Dórea para mim é como se fosse um segundo pai, é um cara que cuida de mim, que me aconselha, que me prepara e além de ser meu treinador cuida de grande parte da minha carreira também e ele é como se fosse um segundo pai para mim. Eu o amo muito e gosto de tê-lo ao meu lado.

(Foto: Tatame - Cigano e treinador Dórea)

Ele te ajuda somente no boxe ou nas demais áreas da preparação?

Ele opina em todos os outros aspectos e ele traz pessoas para ajudar nos treinamentos, gerencia os treinos, mas o principal mesmo é o boxe.

Bom, você vai enfrentar o campeão Cain Velasquez. Qual a sua análise a respeito do jogo do mexicano, onde é que ele realmente é bom e pode complicar na luta?

A principal característica do Velasquez é o condicionamento físico. Com certeza ele tem o melhor preparo entre os pesos pesados. O wrestling dele é muito bom, ele tem se apresentado muito bem na trocação e o jiu-jitsu a gente não conhece muito, mas pelo que andei sabendo, é muito bom.

Ele é um cara que se dedica bastante aos treinos, e então eu considero que vai ser o meu maior desafio. Concordo que ele seja o número um do mundo hoje dos pesos pesados, mas eu confio muito em mim, meu time confia muito em mim e acho que tenho plenas condições de enfrentar qualquer um no mundo da luta. Vou fazer a preparação certa e com dedicação tenho certeza que posso fazer frente a qualquer um e vou estar preparado para o Velasquez, com certeza.

Você acha que leva vantagem por ele estar retornando de lesão e por você estar com um melhor ritmo de luta?

Espero que sim [risos]. Não sei se vai ser assim. Fiquei dez meses sem lutar mas a gente que trabalha sério continua treinando na academia. Quero enfrentar o melhor do Velasquez, espero que ele esteja bem para que a gente possa fazer uma boa luta para todos os fãs e eu tenho certeza que será um combate excelente mas pode ser que ele sinta um pouco esse tempo parado por causa da cirurgia. Pode ser mas isso não afeta meu treino de forma alguma.

O Frank Mir andou dizendo que bate mais forte que você. Ele é um adversário que te agrada, você gostaria por exemplo de vingar a derrota do Rodrigo?

Quem, o Frank Mir?

É, ele falou que bate mais pesado que você. Gostaria de enfrentá-lo para vingar aquela derrota do Minotauro?

[risos] Primeiro quanto a ele falar que bate mais forte do que eu [risos]... quando um lutador começa a perder ou a não ter um resultado satisfatório, como é que ele faz para poder se promover? É falando, é o que ele está fazendo. O Frank Mir é um cara que gosta de falar muito, fala muita besteira, e eu não acredito que ele bata mais forte do que eu. Com certeza ele deve bater pesado, é um peso pesado, é um cara que já foi campeão e não é de se menosprezar mas também é muito falador.

E quanto a lutar com ele para vingar o Minotauro, isso não existe. Eu acho que eu lutaria se um dia ele se qualificar a lutar comigo porque graças a Deus acho que estou um pouco a frente dele, mas se um dia ele se qualificar eu lutaria com muito prazer e daria com certeza cem por cento de mim para vencer essa luta e ele iria ver quem iria bater mais forte, né? Mas quanto a vingar o Minotauro, não, Minotauro é Minotauro, é um grande campeão, uma lenda do esporte e ele mesmo pode fazer isso. Tenho certeza que nessa luta agora ele vai provar que tem condições novamente de derrotar o Frank Mir ou o próprio Velasquez.

Também não acho que ele bata mais forte do que você. Falando sobre a organização, o UFC é contra esse código existente entre os atletas da mesma equipe não se enfrentarem. Você já declarou que não enfrentaria o Minotauro por nada, aí pergunto: abriria mão do cinturão se tivesse que lutar com ele por imposição do UFC?

É...[breve pausa] com certeza eu não lutaria com o Minotauro e não é uma questão de treinar junto, é diferente disso. Ele é como se fosse o meu irmão mais velho, tudo o que consegui conquistar devo a ele, sem ele, provavelmente eu não existiria, então é como um irmão mais velho para mim além do grande amigo que é. Então é uma coisa bem diferente de treinar junto e com certeza, sendo o campeão, e ele se qualificando para estar disputando o cinturão, com certeza não lutaria com ele e poderia sim abrir mão do título ou até mesmo achar uma solução. Nós conversamos muito, nos damos muito bem e iríamos acertar uma solução. Com vontade dele de lutar pelo cinturão mais uma vez eu certamente abandonaria o cinturão e aguardaria outra chance.

(Foto: Divulgação)

Muitos veem o seu chão como uma incógnita. Qual o seu ponto forte no jiu-jitsu? Você é um lutador que joga para finalizar ou é mais defensivo?

Sou faixa marrom de jiu-jitsu e não sou com certeza um top, não posso me comparar com o Minotauro, Demian Maia, é lógico, mas confio muito no meu jogo e treino muito jiu-jitsu e estou evoluindo bastante também. Gosto de treinar jiu-jitsu, gosto de treinar wrestling, eu amo ser lutador e acho que não existe outra coisa no mundo que me fizesse mais feliz do que ser o que sou, lutador. E assim, gosto de lutar e estou evoluindo muito e com certeza posso surpreender. O ponto forte do MMA é você jogar atacando por cima mas o MMA é bem diferente do jiu-jitsu tradicional, do submission. Fazer jiu-jitsu tomando porrada na cabeça é outra coisa. Assim que o meu adversário me botar pra baixo e me manter lá vocês vão poder ver o meu chão.

E essa evolução no wrestling em que você inclusive aplicou duas quedas incríveis no Shane Carwin. O que proporcionou essa evolução no seu wrestling?

O wrestling está sendo para mim mais ou menos como foi o boxe, estou gostando muito de treinar. A partir do primeiro momento com o Mark Munoz [peso médio do UFC] eu comecei a me apaixonar e estou aprendendo rápido principalmente a defesa de quedas, pois a minha intenção é manter a luta em pé pois eu gosto e confio muito em lutar em pé. Em tudo o que eu faço tento me dedicar 100%, e como te falei, gosto de ser lutador e me dedico para isso. Estou só colhendo os frutos da minha dedicação e do trabalho de todo dia.

Junior, o Minotauro discordou quando você disse que ele deveria aguardar um pouco mais para retornar ao octógono. Houve alguma conversa posterior àquelas declarações?

Não, não. Eu realmente disse porque ele estava voltando de três cirurgias, né, aí eu falei que talvez teria sido melhor esperar um pouco mais. Mas uns dias atrás, logo depois da minha luta, teve a coletiva de imprensa do UFC e tive a oportunidade de fazer um treino lá com o Minotauro. Não treinei junto com ele mas ajudei a puxar o treino lá e ele fez cinco rounds e foi muito bom, aquilo me impressionou muito, então esse é o momento dele estar lutando novamente. Ele está muito bem e está querendo lutar, isso é o mais importante, você querer retornar e retornar bem. Tenho certeza absoluta que ele vai surpreender o mundo nessa luta.

Muita gente aponta o Brendan Schaub como favorito por causa das cirurgias que o Rodrigo passou no quadril. Você concorda com o favoritismo do americano?

Não, acho que o americano não tem uma habilidade de boxe tão boa, ele bate pesado mas não tem tanta habilidade em boxear e o chão dele é zero comparado ao do Minotauro, é lógico. Então na minha opinião, para te ser sincero, estou colocando 60% a 40% para o Minotauro porque a única saída do Schaub vão ser os murros dele, as mãos que são bem pesadas, mas o Minotauro já está acostumado a esse tipo de lutador até porque eu treino com ele e vários outros como o Anderson Silva que são bons em cima, entendeu, então ele está acostumado e estou certo de que na luta no chão dá Minotauro rápido.

Junior, muito obrigado pela entrevista. Gostaria de deixar uma mensagem final aos leitores do blog Mano a Mano, no Terra Magazine?

Ah claro, quero primeiramente agradecer ao pessoal que está me acompanhando e torcendo por mim e a todos os fãs de MMA, os que torcem e os que não torcem por mim [risos]. E agradecer por tornarem o esporte mais forte e pedir que continuem acompanhando porque com certeza estou treinando muito para trazer esse cinturão aqui para o Brasil e espero que aconteça no final do ano.

Agradecimento especial: Ana Claudia Guedes e Vilsana, esposa do Cigano.

Siga o blog Mano a Mano no twitter@EduardoCruzMMA

Blogs que citam este Post

Inimigo de Anderson Silva enfrentará heroi de guerra no UFC 136

Tags: , , - Eduardo Cruz às 06:58:27

Chael Sonnen agitou os noticiários do MMA ao declarar que enfrentaria um ‘certo carateca', referindo-se ao ex-campeão meio-pesado, Lyoto Machida, mas o Ultimate Fighting Championship confirmou que o fanfarrão enfrentará Brian Stann, no UFC 136, no dia 08 de outubro, em Houston, Texas.

Sonnen foi punido por doping após a disputa de cinturão contra Anderson Silva, no UFC 117, além de ter se envolvido em outros problemas de ordem pessoal. O americano, que se especializou em falar mal do Brasil e dos lutadores brasileiros, retornará ao octógono após um ano e dois meses de afastamento.

Brian Stann vem embalado por três vitórias consecutivas, uma finalização sobre Mike Massenzio, uma surra sobre Chris Leben [algoz de Wanderlei Silva] e um nocaute técnico sobre Jorge Santiago. Caso derrote Sonnen, é quase certa a sua indicação para disputar o cinturão da divisão até 84kg, em posse de Anderson Silva.

Apesar de não ter sido oficializado, é quase certo que José Aldo Jr defenderá o cinturão da categoria contra Kenny Florian, que derrotou o companheiro de equipe do campeão peso pena, quando estreou na categoria até 66kg, no UFC 131 "Dos Santos vs Carwin", realizado no mês passado.

Opinião do blog: Brian Stann tem boa pegada e é amplamente superior em pé com boas combinações de socos e joelhadas. A única arma de Chael Sonnen é derrubar e pontuar com socos e cotoveladas, porém, a falta de potência e a incompetência  no chão dão margem à vitória do heroi americano que participou da guerra EUA vs Iraque.

Pergunta aos leitores do blog: Por quem vocês irão torcer nesse confronto entre os americanos Brian Stann e Chael Sonnen?

Siga o blog Mano a Mano no twitter@EduardoCruzMMA

Blogs que citam este Post

Wednesday, 6 de July de 2011

Dana White: Wanderlei Silva não tem do que se envergonhar

Tags: , , - Eduardo Cruz às 12:07:46

Na coletiva de imprensa realizada após o UFC 132, Dana White declarou que o nocaute sofrido por Wanderlei Silva era o fim da linha para o brasileiro.

A reação de Wanderlei foi oposta à dos críticos que sugeriram que o Cachorro Louco se aposentasse. Envergonhado, o curitibano surpreendeu os fãs no twitter ao declarar que quer se vingar da derrota mais rápida de sua carreira.

"Já chorei, já pensei um monte de besteira, estou com vergonha, e só penso em uma coisa agora: eu quero revanche", escreveu o lutador para os milhares de seguidores.

Em conversa rápida com John Joe O'Regan, editor da Fighters Only, o presidente do UFC disse que não há motivo para se envergonhar e elogiou a trajetória do Cachorro Louco, dizendo:

"Ele não tem nada do que se envergonhar. Ele tem sido um lutador incrível nos últimos 10 anos. As pessoas o amam e o respeitam. A idade chega para todo mundo."

O futuro de Wanderlei é incerto mas a única certeza é de que não enfrentará Chris Leben, pelo menos até recuperar-se do nocaute sofrido em 0:27 de luta.

Pergunta aos leitores do blog: Qual seria o melhor adversário para Wanderlei e por quê?

Siga o blog Mano a Mano no twitter@EduardoCruzMMA

Blogs que citam este Post

Tuesday, 5 de July de 2011

Chael Sonnen lança desafio e Lyoto Machida aceita imediatamente

Tags: , , - Eduardo Cruz às 14:48:23

De acordo com reportagem da Fighters Only, Lyoto Machida e Chael Sonnen estão próximos de oficializar combate que deverá ocorrer no UFC 136, evento que acontecerá em Houston, Texas, no dia 08 de outubro.

Sonnen tornou-se inimigo número um dos lutadores brasileiros desde a disputa de cinturão da categoria peso médio, quando o americano acabou derrotado por Anderson Silva no quinto e último round daquela que foi uma das lutas mais emocionantes dos últimos anos.

Chael já endereçou declarações desrespeitosas aos  principais astros do Brasil, Rodrigo e Rogério Nogueira, Anderson Silva, sem falar no próprio Lyoto, alvo mais recente dos desaforos do wrestler, que se reunirá quinta-feira com a Comissão Atlética da Califórnia para reaver a licença de lutador, suspensa por doping.

À "Tatame", Machida respondeu à provocação de Sonnen que disse a um site que gostaria de subir de peso para enfrentar um tal carateca, referindo-se ao ex-campeão meio-pesado:

"Eu achei ótima essa declaração dele e estou cheio de disposição para fazer essa luta. Ele está voltando agora, está querendo lutar e sinceramente acho essa uma boa luta para mim. Se o Sonnen realmente quiser essa luta, eu topo na hora, sem problema algum."

Opinião do blog: Chael Sonnen gosta de chamar a atenção e não acredito que ele vá subir de divisão para pegar logo de cara um ex-campeão embalado pelo nocaute mais espetacular do ano sobre o lendário Randy Couture. Caso o UFC confirme esse confronto, Lyoto é o favorito disparado e terá a oportunidade de defender o orgulho não só dos atletas brasileiros, mas dos fãs em geral que repudiam as ofensas proferidas pelo trapaceiro.

Pergunta aos leitores do blog: Quem venceria o duelo entre Lyoto Machida e Chael Sonnen? Quem além deste blogueiro acredita numa vitória do paraense por nocaute?

Siga o blog Mano a Mano no twitter@EduardoCruzMMA

Blogs que citam este Post

História do campeão José Aldo será contada no cinema

Tags: , - Eduardo Cruz às 06:59:55

Por Laila Abou

Afonso Poyart assina a direção do longa, com filmagens previstas para o início de 2012

 A história do amazonense José Aldo, campeão brasileiro de UFC (Ultimate Fighting Championship, modalidade que mescla diversos tipos de lutas marciais) e um dos três melhores lutadores do planeta, será contada no cinema. O responsável pela direção do longa-metragem será Afonso Poyart, com co-produção das produtoras ViraLata Filmes e Black Maria. A distribuição será da Paris Filmes. A produção do filme terá a assinatura de Caco Souza, diretor de 400 contra 1. Com roteiro em fase de finalização, as filmagens da obra estão previstas para o início de 2012, com estreia entre o final de 2012 e o início de 2013.

 Uma história de luta

 José Aldo é um lutador nos tatames e na vida, com uma comovente história de superação. O filme sobre sua trajetória irá mostrar, além das esperadas cenas de combate e ação, o atribulado percurso do jovem cheio de disciplina, determinação e força, que superou a infância pobre e as privações e se transformou num nome reconhecido mundialmente.

 "Será um filme de luta, mas não o clichê do gênero. Ele irá contar a história de um cara que começou lá embaixo, passou por necessidades e comoveu o mundo. Sua história é impressionante", diz o diretor Afonso Poyart.

 O filme acompanha todo o trajeto do campeão: da saída muito jovem de Manaus à ida ao Rio de Janeiro, onde foi morar na academia em que treinava e vivia das doações de amigos, até o momento em que ganha o cinturão dos pesos-pena de UFC, passando pelo casamento com outra lutadora.

 O elenco ainda não foi definido.

 Siga o blog Mano a Mano no twitter@EduardoCruzMMA

Blogs que citam este Post

Monday, 4 de July de 2011

Promotor de lutas apoia campanha contra drogas no Rio; Minotauro de volta às origens no UFC 134

Tags: , , , - Eduardo Cruz às 14:47:46

Foto: Pvt

Luta contra as drogas ganha mais força no Rio

Por Carlos Eduardo Ozório

Um dos grandes eventos do MMA brasileiro, o Bitetti Combat vem há algum tempo atuando na campanha contra as drogas ao lado da OAB Rio. Agora a ação vai ficar ainda mais incisiva.

Por iniciativa da Comissão de Políticas sobre Drogas,da OAB/RJ (CPDr/OAB/RJ) e CAARJ (Caixa de Assistência dos Advogados), vai ser criado o Centro Especializado no Atendimento a Usuários de Drogas do Rio de Janeiro.

“Fui convidado pelo Walderley Rebello, criador da Comissão de Políticas sobre Drogas e presidente da OAB no Rio para ajudar nesse grande projeto. Através das artes marciais, esperamos ajudar diversos dependentes de drogas”, comenta Bitetti.

O lançamento é no próximo dia 8 de julho, a partir das 17h30min, na CAARJ. Em razão do convênio já firmado com o Bitetti Combat MMA, o atendimento será extensivo a lutadores, e contará com a presença do bicampeão mundial absoluto de Jiu-Jitsu Amaury Bitetti.

Nota do blog: Minotauro de volta às origens:

Por falar no Amaury, ele tem ajudado Rodrigo Nogueira na preparação para o retorno do veterano que ocorrerá no UFC 134, dia 27 de agosto, no Rio de Janeiro. Outro dia conversei com o Bitetti e ele disse que estão trabalhando em uma estratégia para o “Minotauro” levar a luta para o chão e que a trocação será utilizada somente quando realmente for necessário. O adversário do brasileiro será o peso pesado Brendan Schaub e o vencedor do confronto será um dos prováveis nomes a disputar o cinturão da categoria, segundo palavras do presidente do UFC Dana White, quando esteve no Brasil para a coletiva de imprensa do evento.

Siga o blog Mano a Mano no twitter@EduardoCruzMMA

Blogs que citam este Post

Dana White quer que Wanderlei Silva se aposente; Chael Sonnen não tem interesse em enfrentá-lo

Tags: , , , - Guga Noblat às 10:19:57

Foto: Esther Lin, MMAFighting.com

Wanderlei Silva havia declarado antes do UFC 132 que os próximos adversários de sua lista seriam Vitor Belfort ou Chael Sonnen. Porém, o brasileiro foi incapaz de passar por Chris Leben e agora depende de conversa com Dana White para seguir lutando na maior organização de MMA do mundo.

White disse na conferência pós-luta: "As pessoas gostam muito dele por conta da forma como ele luta, pelo seu estilo e pela pessoa que é. No entanto, provavelmente é o fim da linha para ele. Acho que ele é uma dessas pessoas com quem você gostaria de sentar e conversar. Wanderlei é um guerreiro. As pessoas o adoram em todo o mundo. Não quero mais ver o que aconteceu com ele."

O desafeto Chael Sonnen disse que torcia por Leben mas ficou surpreso pela rapidez como o combate foi finalizado, e para não fugir de seu estilo característico, provocou dizendo que seria o único lutador capaz de apagar Wanderlei mais rápido que Chris Leben, que precisou de apenas 0:27 para liquidar o Cachorro Louco.

"Eu estava na torcida pelo Leben. Não tenho nada contra o Wanderlei e espero que ele esteja bem mas ele não consegue mais fazer o seu trabalho. É o fim da linha para ele. O único cara que o nocautearia mais rápido seria eu, e não tenho mais interesse nessa luta. Não quero ser o próximo cara a apagá-lo" disse Sonnen ao MMAFighting.com.

Pergunta aos leitores do blog: 1) Wanderlei Silva deve se aposentar? 2) Chael Sonnen nocautearia o brasileiro?

Siga o blog Mano a Mano no twitter@EduardoCruzMMA

Blogs que citam este Post

Sunday, 3 de July de 2011

Wanderlei Silva é nocauteado no UFC 132

Tags: , , , - Eduardo Cruz às 10:36:51

 

O Ultimate Fighting Championship promoveu um evento digno de compor a lista de melhores shows do ano com lutas espetaculares desde o card preliminar até a última luta da noite, válida pelo cinturão peso galo da organização.

Rafael dos Anjos não brincou quando disse que buscaria a trocação contra George Sotiropoulos e precisou de apenas 0:59 para nocautear o duro adversário após conectar perfeito cruzado de esquerda, precedido de franca troca de golpes de ambas as partes.

Melvin Guillard provou que é um sério candidato à disputa do título dos leves com uma vitória devastadora sobre Shane Roller, que não resistiu a trocação do "Jovem Assassino", que acabou com combate aos 2:12 do round 1.

O card principal começou da maneira como os fãs gostam: em nocaute. Carlos Condit enfrentou Kim Dong Hyun em luta bastante movimentada em que ambos lutadores buscavam determinar o ritmo até que Condit acertou uma joelhada voadora no judoca, que caiu sem reação e não resistiu ao castigo imposto pelo atleta de Greg Jackson.

Ryan Bader enfrentou Tito Ortiz, que carregava o peso de não vencer desde 2006 e o risco de ser forçadamente convidado a se aposentar em caso de derrota. Surpreendendo a todos, o veterano de trinta e seis anos aplicou um knockdown em Bader e em seguida encaixou uma guilhotina que finalizou a luta e garantiu ao badboy a permanência na organização que ajudou a construir. Emocionado, Ortiz foi ovacionado pelo público presente no MGM Grand Garden Arena.

Dennis Siver e Matt Wiman travaram um duelo empolgante em que o Siver dominou o primeiro round mas foi literalmente atropelado no segundo com Wiman por cima disparando cotoveladas que provocaram um corte profundo na testa de Siver, e consequentemente, muito sangue no octógono. O round 3 foi marcado pelas tentativas frustradas de queda de Wiman e por golpes sem contundência de Siver, que mostrou coração e venceu por decisão unânime.

Wanderlei Silva e Chris Leben fizeram a luta mais aguardada da noite e o americano levou a melhor ao se aproveitar da guarda aberta do brasileiro que foi golpeado por um cruzado d esquerda, seguido por sequência de uppercuts que levaram o Cachorro Louco ao chão, onde tomou mais socos até a interrupção do árbitro aos 0:27 de combate.

Dominick Cruz defendeu o cinturão da categoria peso galo em sua primeira luta no Ultimate e não sentiu a pressão da estréia, nem a torcida desfavorável que apoiava Urijah Faber. Cruz tomou a iniciativa nos cinco rounds e acertou mais golpes no californiano, que conectou socos mais duros mas pecou por jogar praticamente no contra-ataque. Vitória merecida de Dominick por decisão unânime.

O UFC bonificou com setenta e cinco mil dólares as melhores apresentações da noite. Dominick Cruz e Urijah Faber receberam as honras de melhor luta, Carlos Condit o de melhor nocaute e Tito Ortiz pela melhor finalização do UFC 132.

Confira a cobertura completa do evento clicando aqui e siga o blog no twitter@EduardoCruzMMA

Blogs que citam este Post

Saturday, 2 de July de 2011

Acompanhe o UFC 132 em tempo real

Tags: - Eduardo Cruz às 15:38:19

Chegou o aguardado dia do retorno de Wanderlei Silva ao octógono após dezesseis meses de ausência daquele que é considerado por muitos o lutador mais carismático e querido das artes marciais misturadas. O curitibano enfrentará Chris Leben no UFC 132, evento que terá a transmissão o vivo do canal Combate a partir das 21 horas, e resultados e comentários em tempo real aqui no blog Mano a Mano.

Rafael dos Anjos será o outro representante brasileiro no card. O faixa preta vai encarar o talentoso George Soritopoulos, em uma das lutas preliminares que serão transmitidas no Facebook. Rafael promete partir para a trocação, mas se o confronto for para o solo, estará em casa graças ao seu refinado jiu-jitsu.

Quem está no fio da navalha é Tito Ortiz, veterano que enfrenta Ryan Bader, nesta que pode ser sua última luta caso não consiga vencer o duelo entre os wrestlers. Tito, que não vence desde 2006, já recebeu o ultimato do presidente Dana White e, como consolo, será indicado para compor o hall da fama da organização por toda a contribuição dada para o  crescimento do UFC.

Os fãs que eram acostumados a acompanhar os empolgantes eventos do WEC, promoção de lutas que foi comprada pela Zuffa, vão conferir a disputa de cinturão entre o campeão [até 61kg] Dominick Cruz e Urijah Faber, dois dos maiores nomes dessa categoria de peso. A expectativa é de cinco rounds movimentados, caso o embate não termine em nocaute ou finalização.

Seguindo a tradição do blog, estaremos online atualizando os resultados em tempo real e interagindo com os leitores que poderão conferir o aguardado card nos seguintes links: Link 1, Link 2 e Link 3 Até o horário do evento postaremos mais links e você podem fazer o mesmo na área de comentários.

Siga no blog Mano a Mano no twitter@EduardoCruzMMA e no twitter@edelson_moura

Resultados Completos

Card Preliminar

Jeff Hougland venceu Donny Walker via decisão unânime - (29-28, 29-28, 30-27). Anthony Njokuani venceu Andre Winner via decisão unânime - (30-27, 30-26, 30-26). Aaron Simpson venceu Brad Tavares via decisão unânime - (30-27, 30-27, 30-27). Brian Bowles venceu Takeya Mizugaki via decisão unânime - (29-28, 30-27, 30-27). Rafael Dos Anjos venceu George Sotiropolous via nocaute (soco) - Round 1,0:59. Melvin Guillard venceu Shane Roller via nocaute (socos) - Round 1, 2:12 Card Principal Carlos Condit venceu Kim Dong Hyun via noucate (socos) - Round 1, 2:58 Tito Ortiz venceu Ryan Bader via finalização (guilhotina) - Round 1, 1:56 Dennis Siver venceu Matt Wiman via decisão unânime - (29-28, 29-28, 29-28) Chris Leben venceu Wanderlei Silva via nocaute (socos) - Round 1, 0:27 Dominick Cruz venceu Urijah Faber via decisão unânime - (50-45, 49-46, 48-47)

Blogs que citam este Post

Posts mais antigos »

Terra Magazine América Latina, Veja a edição em espanhol