Terra Magazine

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Fã de Anderson Silva, presidente do UFC pretende trazer o evento para Brasília

Tags:, , - Eduardo Cruz às 11:57:48

Anderson Silva e Dana White

Foto: Sherdog

Segundo reportagem do Correio Braziliense, Dana White fez uma rápida visita à capital federal ontem, onde participou de encontros e reuniões sigilosas antes de embarcar para o Rio de Janeiro, onde acontece a conferência de imprensa do UFC 134, no Rio de Janeiro, a partir das 15 horas. (Assista ao vivo no site do UFC)

O presidente do UFC disse que pretende trazer o evento mais vezes ao Brasil, não só para Brasília como para o resto do país, mas para realizar os próximos shows, o empresário diz que tudo dependerá do sucesso da edição no Rio, que servirá como laboratório para decisões futuras.

Entre outros assuntos, White foi perguntado se Jon Jones tomará o lugar de Anderson Silva como melhor lutador. Dana, que é fã declarado do “Aranha”, respondeu:

“Eu acho que ninguém vai fazer isso tão cedo. Jon Jones é novo e ainda tem muito a provar. Sim, ele é talentoso e parece que pode ser um dos melhores, mas eu já vi milhões de caras assim. Nós estávamos olhando as estatísticas do Anderson e é algo muito louco. Na minha opinião, ele é de longe o melhor lutador da história do MMA.”

E ainda acrescentou que Anderson é o lutador que mais gosta de ver lutar, “Muita gente sabe que eu tive um ótimo relacionamento com Chuck Liddell. Quando ele estava no topo, as lutas dele eram muito divertidas. Mas eu tenho que dizer que foram as do Anderson Silva. Eu sou um grande fã e adoro vê-lo lutar. Ele é muito talentoso, faz coisas que os outros lutadores não conseguem.”

Acompanhe o blog Mano a Mano no Twitter@EduardoCruzMMA e fique por dentro das principais notícias acerca da coletiva de imprensa do UFC 134.

Blogs que citam este Post

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Minotauro e Anderson Silva visitam projeto social

Tags:, - Guga Noblat às 16:38:14

Nota da assessoria dos atletas:

Os futuros campeões do projeto social do lutador peso pesado Pedro Rizzo receberam visitantes ilustres nesta quarta-feira (18). Anderson Silva, campeão dos pesos médios do UFC, e o ídolo do MMA Rodrigo Minotauro conheceram os jovens que participam da “Usina dos Campeões”, iniciativa de Rizzo em parceria com a Refinaria de Manguinhos.
 
“Fiquei super emocionado com o projeto do Pedro, ele está de parabéns”, elogiou Anderson Silva. “Recebi muitos abraços da garotada isso me deixa muito feliz. A gente, que é atleta, tem obrigação de apoiar iniciativas como essa, mais uma vez parabéns ao Pedro e à diretoria da Refinaria de Manguinhos”.

Inspirado no Instituto Reação, do judoca Flávio Canto, o projeto beneficia 23 comunidades na região de Manguinhos. São oferecidas aulas de muay thai, judô, jiu-jítsu, luta olímpica e capoeira - todas acompanhadas de perto por Pedro Rizzo. Todas as 500 vagas para o projeto se esgotaram em três dias, mas em breve abrirão novas vagas.

“Cheguei aqui e fiquei surpreso com o tamanho da iniciativa”, declarou Rodrigo Minotauro. “Já conheci muita gente bem intencionada e bons projetos voltados para a luta, mas essa será uma iniciativa que, com certeza, dará muitos frutos sociais e esportivos”.

Anderson Silva e Rodrigo Minotauro serão as estrelas do UFC Rio, que acontecerá dia 27 de agosto na capital carioca. O “Spider” botará o cinturão em xeque contra o japonês Yushin Okami, enquanto Minotauro enfrenta o lutador americano Brendan Schaub.

Acompanhe o blog no twitter: http://twitter.com/GugaNoblat

Blogs que citam este Post

terça-feira, 3 de maio de 2011

Minotauro narra primeiro encontro com o campeão José Aldo + Anderson Silva ataca de piloto de testes

Tags:, - Guga Noblat às 12:56:17

Foto UFC

Por Eduardo Cruz, repórter do blog:

Rodrigo Nogueira esteve no Canadá como convidado do UFC para participar da Fan Expo, maior feira de MMA do mundo, e lá pode constatar a popularidade do campeão Georges Saint Pierre, maior ídolo canadense na atualidade.

“Cheguei ao Canadá na sexta feira, vim a convite do UFC participar da Fan Expo, maior feira de MMA do mundo, o MMA realmente agradou em cheio ao canadense, nas ruas de Toronto só se fala no UFC, George Sant Pierre é hoje o maior ídolo esportivo do Canadá, o sujeito não consegue andar, a onde o lutador vai causa tumulto.”

Em sua coluna no “Extra”, Minotauro destacou a primeira luta do campeão peso pena José Aldo contra Mark Hominick, outro lutador local, perante cinquenta e cinco mil pessoas, dizendo “No futebol o fator campo faz mais diferença do que no MMA, em uma luta, na hora que começa, não da tempo de olhar para arquibancada, nem escutar nada, só o que se vê é seu adversário querendo sua cabeça.”

O ídolo nacional relatou o primeiro encontro com José Aldo, confira a seguir:

“Conheci Aldo em um evento em Teresópolis era uma de suas primeiras lutas e o cara me impressionou, vi naquela hora que ele poderia chegar bem longe. Na época eu fazia eventos de MMA na Bahia e convidei Aldo para lutar em um dos meus eventos.”

“Marcamos luta com um atleta baiano, mas esse se machucou perto da luta e Aldo ficou sem adversário, então liguei para comunicar e Aldo pediu muito que eu arrumasse outro adversário, pois estava passando necessidades no Rio e precisava lutar.”

“Não consegui nenhum substituto para enfrentá-lo então fiz o seguinte acordo; pagaria a bolsa (R$ 2.000,00) pela luta e Aldo ficaria me devendo uma luta em um próximo evento. O tempo passou Aldo se tornou celebridade, não passa mais necessidades financeiras, mas ainda me deve uma luta, foi o melhor investimento que já fiz, um dia ele me paga, mas pelo valor de sua atual bolsa do UFC (risos).”

Anderson Silva ataca de piloto de testes da Mercedes

O engenheiro James Hickerson, da Mercedes-Benz, convidou o campeão peso médio do UFC e melhor lutador da atualidade, Anderson Silva, para testar o modelo SLS da empresa alemã.

Descrito como um camarada prático e sensato, O “Aranha” dirigiu a máquina por algumas horas e ainda posou para algumas fotografias. O editor Les Bidrawn teceu o seguinte comentário sobre o brasileiro:

“Difícil acreditar como um cara tão bacana nocauteia pessoas para ganhar a vida.” A edição de julho da European Car Magazine trará mais detalhes sobre a matéria.

Anderson tem compromisso marcado no UFC 134, evento que marca o retorno do UFC ao Brasil, oportunidade em que enfrentará Yushin Okami.

Acompanhe o blog no twitter: http://twitter.com/GugaNoblat

Blogs que citam este Post

terça-feira, 26 de abril de 2011

Anderson Silva não pretende lutar contra Chael Sonnen novamente

Tags: - Guga Noblat às 16:18:38

Foto UFC

Por Eduardo Cruz, repórter do blog:

O combate ocorrido no UFC 117 em agosto do ano passado ainda é motivo para várias discussões entre os fãs das artes marciais misturadas, ou MMA.
 
Talvez porque aquela foi a única vez em que Anderson Silva foi totalmente dominado no confronto contra Chael Sonnen, algo nunca visto em sua carreira.
 
O “Aranha” foi o convidado do conceituado programa “The MMA Hour”, e sem auxílio do tradutor Ed Soares, falou sobre o mau comportamento do adversário conhecido pelas declarações desrespeitosas e polêmicas.
 
“Chael me desrespeitou, desrespeitou todos os fãs do MMA, ele desrespeitou o meu povo no Brasil. Ele não respeita nada.”
 
“Não sei o que aconteceu com ele, mas o Sonnen é um bom lutador. Talvez eu não o veja como um cara mal, mas às vezes ele tem problemas com a luta, não tem controle, não sei. É problema dele” disse Anderson.
 
Não fosse por um triângulo encaixado a três minutos e dez segundos do último round daquela luta, o brasileiro teria sido derrotado pela primeira vez em oito defesas de cinturão. Apesar das dificuldades criadas por Sonnen naquele confronto, O “Aranha” não pensa em conceder revanche ao adversário.
 
“Lutei com o Chael por cinco rounds e ele não venceu. Não lutarei com ele mais. Não me importo se ele quer outra chance de disputar o cinturão. Essa é a minha opinião.”
 
Ainda que o campeão não queira enfrentar o falastrão americano, essa é uma disputa que pode ser anunciada caso Anderson derrote Yushin Okami no UFC 134, em agosto, no Rio de Janeiro. O ícone do MMA moderno prefere não falar sobre futuros oponentes e deixa a decisão para o presidente do UFC, Dana White.
 
“Não sei, essa decisão é do Dana, não minha. Estou de volta a academia, de volta para os amigos. Luto por aqueles caras. Quem quer que o Dana coloque na minha frente, eu lutarei” finalizou Anderson, que está invicto há mais de cinco anos, período em que venceu quatorze lutas.

Acompanhe o blog no twitter: http://twitter.com/GugaNoblat

Blogs que citam este Post

domingo, 24 de abril de 2011

Anderson ficará feliz por enfrentar Georges St-Pierre

Tags: - Guga Noblat às 12:16:04

Por Eduardo Cruz, repórter do blog:

Anderson Silva limpou a categoria até 84kg do UFC, onde reina soberano sem ser ameaçado por nenhum outro atleta peso médio na organização mais famosa de lutas da atualidade.

Outro campeão, o canadense Georges St-Pierre, tem dominado a categoria de até 77kg com apresentações sólidas e vitórias por longa margem de pontos sobre os rivais.

Os dois atletas são os principais lutadores do UFC na atualidade e um confronto entre ambos, que poderia ocorrer em peso combinado, tem ganhado força nos bastidores do Ultimate.

Dana White, que a princípio era contrário ao combate, mudou o discurso e assumiu o papel de promotor das lutas que o público deseja assistir. Tanto é verdade, que já foi dito que o confronto poderá ocorrer caso ambos saiam vitoriosos de seus respectivos compromissos contra Yushin Okami e Jake Shields.

Em entrevista ao programa “Fighting Words with Mike Straka”, Anderson Silva falou sobre a possibilidade da realização dessa superluta e afirmou que se sentiria feliz em dar esse prazer aos fãs do “Aranha”, como é conhecido no mundo da luta.

“Georges Saint Pierre é um dos melhores. Tem mostrado que é um grande atleta e eu treino pesado todos os dias para lutar com os melhores. Acredito muito que essa é uma superluta que tem que acontecer um dia.”

“Estou feliz por saber que as pessoas estão ansiosas para assisti-la. Acho que essa luta deixará os fãs felizes pois é algo que eles estão esperando e ficarei muito feliz em dar esse prazer aos meus fãs” finalizou.

O brasileiro já declarou que aceita baixar de peso para pegar o canadense, que por outro lado declarou precisar de alguns meses para ganhar peso para enfrentar Anderson, o que deixaria o embate em condições de ocorrer no final do ano.

O certo até o momento é que Anderson defende o cinturão da divisão dos pesos médios no UFC 134, dia 27 de agosto, no Rio de Janeiro. Já St-Pierre encara Jake Shields dia 30 deste mês, em Toronto, Canadá.

Acompanhe o blog no twitter: http://twitter.com/GugaNoblat

Blogs que citam este Post

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Anderson Silva diz que não é lenda, muito menos imbatível

Tags:, - Guga Noblat às 12:31:04

Foto UFC

Por Eduardo Cruz, repórter do blog:

Os milhares de fãs do campeão dos médios do UFC, Anderson Silva, tiveram a oportunidade de interagir com o ídolo durante bate-papo através do Twitcam, em que o “Aranha” negou tanto o status de lenda do esporte quanto o de ser imbatível.
 
“Talvez eu seja a próxima vítima. A luta está marcada com o Okami em agosto e vamos lá. UFC Rio” comentou sobre o próximo confronto.
 
“Com certeza não sou imbatível. Às vezes, a gente passa por situações que demonstram isso. A gente treina muito para fazer um bom trabalho, mas a qualquer momento posso perder. O que fica é o que construímos como história. O que a gente já fez ficará na história. Esse negócio de ser imbatível é uma coisa muito vaga. Falta muito para eu me tornar lenda viva.”
 
Anderson Silva enfrentou Yushin Okami no Rumble On The Rock, combate que marcou sua última derrota na carreira após ter sido desclassificado da luta por ter acertado o oponente com uma pedalada irregular. O brasileiro não encara o confronto no Brasil como uma revanche:
 
“Nada a ver. Vamos fazer nosso trabalho. É uma grande oportunidade ter o UFC de volta ao Brasil e uma grande chance para o Japão, que passa por uma fase complicada. A luta é importante para o Okami também. Vai ser um clima bacana, clima de Copa do Mundo”.
 
Anderson e Okami farão a luta principal do UFC 134, evento que também contará com a participação dos brasileiros Maurício Shogun, Thiago Tavares e Luiz Cane.

Acompanhe o blog no twitter: http://twitter.com/GugaNoblat

Blogs que citam este Post

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Documentário sobre Anderson Silva sai na próxima semana

Tags: - Guga Noblat às 15:58:10

 

Na próxima quinta-feira (21/4) em Nova York, no ESPN Sports Film Festival, será lançado um super documentário de quase 80 minutos com os bastidores do duelo entre Anderson Silva e Chael Sonnen pelo UFC 117 que quase custou o cinturão do brasileiro. Dá uma olhada no trailer do documentário aqui. 

O campeão meio-pesado do UFC Jon Jones confirmou presença no lançamento do filme ontem via twitter depois de dar parabéns a Anderson pelo aniversário dele. Por ora, o documentário foi intitulado apenas em inglês como “Like a Water” (Como a Água).

Acompanhe o blog no twitter: http://twitter.com/GugaNoblat

Blogs que citam este Post

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Júnior e Lucas Lima tietam Anderson Silva em aeroporto + Papo rápido com o campeão

Tags: - Guga Noblat às 13:58:26

Foto postada no twitter de um fã

Noite de sexta-feira. Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

Enquanto aguarda um vôo para o Rio de Janeiro no saguão da sala de embarque, o maior campeão da história do UFC, Anderson Silva, é cercado por fãs inusitados. 

Entre os tietes estavam o vereador paulista Netinho, o cantor pop Júnior (irmão da Sandy) e o violinista Lucas Lima.

“Parabéns pela vitória”. “Quando o chute entrou o Vitor Belfort desabou feito uma madeira”, repetiam empolgados enquanto perguntavam se o ator Steven Seagal era mesmo o pai do golpe que garantiu a Anderson um nocaute no UFC 126.

Num dado momento o conversa enveredou para um papo sobre homossexualismo.   “O mundo é gay. Hoje, quando chego num determinado lugar, peço licença porque sei que sou minoria”, decretou aos risos o cantor Mister Catra que também participava da conversa.

Pouco antes de o campeão do UFC embarcar, por volta de 22h10, Júnior encarna seu momento mais tiete. E, com um sorriso amarelo, faz um pedido: “Anderson, posso gravar um vídeo contigo para postar no youtube? É que a gente sempre grava os bastidores das nossas viagens para mostrar aos fãs”.

Júnior seguia com seu grupo para Brasília onde faria um show ainda na sexta.

“Claro que pode. Até parece que a gente não se conhece há muito tempo”, respondeu o campeão cabisbaixo em sinal de humildade.

Nessa hora foi a vez de Lucas Lima mostrar quem era o ídolo ali: “O Júnior tem mesmo que perguntar se pode filmar, afinal ele tem que seguir a hierarquia”, disse o violinista provocando gargalhadas em Anderson.

Na hora de se despedir de Júnior e Lucas Lima, Anderson acabou cercado por mais fãs. Um deles nem notou que o irmão da Sandy estava na sua frente e pediu para que Júnior tirasse uma foto dele com o campeão do UFC. Só depois da fotografia, o fã percebeu a gafe que cometera: “Ops, foi mal, nem tinha visto que era você, Júnior”.

Anderson então seguiu até o portão de embarque a passos lentos para atender a pedidos de fotos e autógrafos. O campeão do UFC nunca foi tão pop no país dele como agora.

Papo rápido com o campeão:

Anderson bateu um papo exclusivo com o blog Mano a Mano antes de partir para o Rio de Janeiro. Segue abaixo:

Blog Mano a Mano - Se vencer o campeão dos meio-médios Georges ST Pierre você estará apenas cumprindo com sua obrigação, afinal você é mais pesado. Mas se perder, o canadense roubará seu posto de melhor lutador entre todas as categorias de peso. Então, o que te motiva a fazer essa luta e o que você tem a ganhar com ela?
Anderson - Essa luta me interessa porque é a luta que todo mundo quer ver. Tenho que atender ao desejo dos fãs. Essa luta é a que todo mundo pede. Essa é minha motivação.

Ta rolando também uma motivação financeira? Uma possível luta contra GSP pode te render a maior bolsa de sua vida?
- Quem me dera. Quem me dera (repetiu duas vezes). Creio que não (disse com um sorriso no rosto como se quisesse disfarçar algo). Mas se acontecer (de a bolsa ser alta), legal.

Um jornal de Curitiba noticiou que você recebeu R$ 100 mil por cada minuto de duração da luta contra Vitro Belfort, essa informação é verídica?
- O que? Saiu onde?

Saiu num jornal e a mídia especializada em MMA replicou que você teria recebido essa bolada, procede?
- Não to sabendo de nada disso (afirmou mais uma vez com um sorriso maroto). Quem me dera ter recebido isso. Mas não teve essa grana.

Fedor Emelianenko perdeu recentemente pela segunda vez seguida e de novo para um brasileiro. Você ficou feliz com a derrota do russo, afinal ele é um dos poucos que disputa contigo o título de maior atleta do MMA moderno?
- Fiquei feliz com a vitória porque foi um brasileiro que venceu. O Antônio Pezão mandou bem e fez um lutão. Fiquei feliz.

Siga o blog no twitter: http://twitter.com/GugaNoblat

Blogs que citam este Post

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Anderson Silva poderia ter trocado carreira no MMA por lava-jato, diz Minotauro

Tags: - Guga Noblat às 15:31:55

Foto UFC

Por Eduardo Cruz, repórter do blog:

Um dos maiores ídolos do MMA na atualidade, quiçá de todos os tempos, Anderson Silva – campeão da categoria dos pesos médios do UFC – enfrentou dificuldades na carreira a ponto de cogitar abandonar o esporte.

O “Aranha”, como é conhecido, havia deixado a equipe curitibana Chute Boxe e enfrentava dificuldades financeiras além da decepção com o mundo das lutas. O fim de carreira parecia certo não fosse pela intervenção de Antonio Rodrigo Nogueira.

Em sua coluna, “Minotauro” narrou parte do início de sua trajetória com Anderson Silva e revelou que o maior lutador da atualidade considerou a possibilidade de pedir dinheiro emprestado para abrir um lava-jato.

Um chute no lava-jato

“Em 2003, o então desconhecido Anderson Silva foi fazer uma visita na academia que tenho em Curitiba. No mundo da luta, Anderson já tinha um certo nome, havia feito lutas no Brasil e no Japão, mas não passava por um momento bom em sua carreira. Tinha deixado sua equipe, a Chute Boxe — mesma que revelou Mauricio Shogun e Vanderlei Silva para o MMA — e estava bastante decepcionado com o esporte.”

“Anderson foi recebido na academia pelo meu primo Marcio Mamá. O Aranha disse que curtia muito as minhas lutas no Pride, principal evento de MMA na época, e falou abertamente da sua desilusão, da vontade de deixar de lutar profissionalmente e de suas dificuldades financeiras. Ele, inclusive, cogitava a possibilidade de me pedir empréstimo para abrir um lava-jato na periferia de Curitiba.”

“Quando soube da visita do Anderson e da sua vontade de deixar o esporte, reagi na hora. Liguei para meu primo e disse que não deixaríamos que Anderson trocasse seu sonho por um lava-jato. Eu o convidei para treinar comigo no Rio e o resto da história já sabemos, o cara virou lenda.”

Anderson derrotou Vitor Belfort no UFC 126 e enfrentará Georges Saint Pierre, caso o canadense saia vencedor do duelo contra Jake Shields. Confira a íntegra da coluna de Minotauro neste link.

Siga o blog no twitter: http://twitter.com/GugaNoblat

Blogs que citam este Post

domingo, 16 de janeiro de 2011

Fedor e Pezão falam sobre a luta do dia 12 de fevereiro + Anderson Silva quer pegar Michael Bisping

 

Fedor (Divulgação)

Por Eduardo Cruz, repórter do blog:

O lendário russo Fedor Emelianenko e o ex-campeão do EliteXC Antonio Silva participaram de uma coletiva de imprensa para a promoção do combate entre ambos que será válido pela primeira fase do torneio da categoria peso pesado do Strikeforce.
 
Além de Fedor (31-2, 1 NC) e Pezão (15-2) o evento co-promovido pela M-1 Global colocará frente a frente Andrei Arlovski (15-8) e Sergei Kharitonov (16-4), lutadores que fazem parte da outra chave de enfrentamento, em evento que ocorrerá no dia 12 de fevereiro.
 
Confira a seguir as principais declarações dos atletas:
 
Fedor Emelianenko:
 
“Nada mudou para mim desde a derrota para Fabrício Werdum. Eu treino exatamente como treinava antes. Aquilo aconteceu porque eu cometi um erro na luta anterior, então no treino eu tenho trabalhado para não repetir o mesmo erro novamente. Nada mudou dentro de mim e ainda tenho as mesmas crenças. Apenas quero treinar mais pesado para a próxima luta.”
 
“Me sinto ótimo por participar desse torneio. Me sinto muito orgulhoso por ser parte dos oito que foram escolhidos e sinto orgulho por representar meu país no torneio. Estou treinando para vencer. Estou treinando duro e o que quer que aconteça depois será por conta de Deus, mas estou treinado pesado e estou ansioso para lutar.”
 
“Estou pronto e preparado para entrar no octógono contra o Fabrício Werdum a qualquer momento. É algo que eu gostaria muito de fazer. Nós nunca havíamos lutado antes, portanto estou muito feliz por termos a oportunidade de lutar. Temos nos visto nos vestiários e ele sempre tem sido muito cordial, uma pessoa bacana. Ele é altamente qualificado e acho que será uma ótima luta. De fato acho que não deveria enfrentar outra pessoa mas lutarei contra quem quer que o Strikeforce queira.”
 
Fedor comparou o torneio do extinto Pride e do Strikeforce:
 
“Acredito que esse torneio reuniu lutadores de qualidade e alguns dos mais fortes e mais interessantes pesos pesados do mundo, então acho que de forma alguma esse torneio será menor [em importância] do que aqueles em que competi no Pride. Acho que é tão bom quanto se não for melhor.”
 
“Não acho que aqueles anos que passei no Pride possam me dar qualquer tipo de vantagem ou determinar como eu me apresentarei nesse torneio. Certamente experiência é algo de valor. De qualquer modo, I tenho que treinar muito pesado para essa luta e veremos o que vai acontecer.”
 
“Provavelmente treinarei na Rússia. Me sinto mais confortável lá e gosto de estar próximo da minha família. É provável que eu permaneça na Rússia mas não me incomodaria em treinar em outro lugar e com alguém como o Shane Carwin, que é um bom lutador. Mas é mais provável que eu fique na Rússia.”
 
“Muitas vezes as tem me analisado e tem tentado dizer quais são minhas virtudes e fraquezas mas se eles dizem que encontraram a minha maior fraqueza, então deixe-os tirar proveito disso.”
 
O russo foi perguntado por que treina em áreas de montanhas remotas
 
“Primeiramente, quando treino nas montanhas em áreas remotas, treino em alta altitude onde é muito frio, próximo de congelar. Isso torna o processo completo de treino mais difícil, o que considero benéfico porque se eu consigo passar por isso, então serei muito melhor que isso. Outra razão pela qual faço isso é porque ninguém me aborrece. Tudo o que faço lá é treinar, comer e dormir. E tudo o que eu preciso para me concentrar é o regime completo de treinamento sem qualquer distração. Acho que é o que me permite estar no máximo da minha forma física para a luta.”
 
Antonio Silva
 
“Estou muito feliz por lutar com o Fedor, que as pessoas ainda consideram o peso pesado número um do mundo. Fedor é uma lenda e para se tornar uma lenda você tem que derrotar uma lenda e estou pronto para ser o melhor peso pesado do mundo.”
 
“Fedor é o melhor, então esse é o topo da cadeia alimentar. Para mim, esse é o final e darei tudo o que tenho para fazer isso acontecer. Esse é o meu sonho e derrotarei a lenda e me tornarei uma lenda.”
 
“Acho o Fedor um lutador completo e muito experiente. É difícil determinar como será essa luta. Acho que lutarei mais em pé nessa luta. Se for para o chão, que vá. Uma coisa que tenho em minha mente é que o Werdum mostrou ao mundo que a principal fraqueza dele está no solo. Mas ele é completo e seguirei para onde a luta for.”
 
“Todo mundo tem dito que eu posso ser o homem a bater o Fedor no futuro. E agora tenho em mente que posso derrotá-lo. Sei que essa é a hora certa e que Deus me deu essa chance e que eu posso bater o grande Fedor.”

 

Foto UFC

Anderson Silva quer pegar Michael Bisping na Inglaterra

Enquanto se prepara para a oitava defesa de título, o campeão peso médio do UFC, Anderson Silva, disse à ESPN inglesa que gostaria de defender o cinturão contra Michael Bisping na Inglaterra caso o lutador consiga tornar-se o desafiante número 1 da categoria.

O “Aranha” já lutou em território britânico quando era atleta do Cage Rage, onde atuou quatro vezes e venceu em todas as ocasiões. Um confronto entre o melhor lutador da atualidade e o mais famoso atleta local lotaria qualquer arena daquele país e o aspecto financeiro certamente influenciaria em uma possível decisão do UFC em promover o combate.

“Os fãs ingleses profundos conhecedores e apaixonados pelo MMA. Eu adoraria lutar lá mais uma vez” disse Anderson.

“Michael Bisping é um lutador impressionante. Ele está no UFC há muito tempo e tem derrotado alguns lutadores muito bons. Seria uma honra enfrentá-lo, talvez na Inglaterra.”

“Ele é rápido, faz muitas coisas e se ajusta rapidamente. Sou o campeão do mundo, não somente da América ou do Brasil. Ser campeão do mundo significa pegar os melhores lutadores do mundo em todo o mundo.”

Uma defesa de cinturão de um campeão do UFC do calibre do Anderson valorizaria aquele importante mercado e colocaria um fim às críticas de que a organização não promove no Reino Unido um evento do mesmo nível de tantos outros realizados nos Estados Unidos.

 * Siga o blog no twitter: http://twitter.com/GugaNoblat

Blogs que citam este Post

Posts mais antigos »

Terra Magazine América Latina, Veja a edição em espanhol