Terra Magazine

terça-feira, 5 de julho de 2011

História do campeão José Aldo será contada no cinema

Tags:, - Eduardo Cruz às 06:59:55

Por Laila Abou

Afonso Poyart assina a direção do longa, com filmagens previstas para o início de 2012

 A história do amazonense José Aldo, campeão brasileiro de UFC (Ultimate Fighting Championship, modalidade que mescla diversos tipos de lutas marciais) e um dos três melhores lutadores do planeta, será contada no cinema. O responsável pela direção do longa-metragem será Afonso Poyart, com co-produção das produtoras ViraLata Filmes e Black Maria. A distribuição será da Paris Filmes. A produção do filme terá a assinatura de Caco Souza, diretor de 400 contra 1. Com roteiro em fase de finalização, as filmagens da obra estão previstas para o início de 2012, com estreia entre o final de 2012 e o início de 2013.

 Uma história de luta

 José Aldo é um lutador nos tatames e na vida, com uma comovente história de superação. O filme sobre sua trajetória irá mostrar, além das esperadas cenas de combate e ação, o atribulado percurso do jovem cheio de disciplina, determinação e força, que superou a infância pobre e as privações e se transformou num nome reconhecido mundialmente.

 ”Será um filme de luta, mas não o clichê do gênero. Ele irá contar a história de um cara que começou lá embaixo, passou por necessidades e comoveu o mundo. Sua história é impressionante”, diz o diretor Afonso Poyart.

 O filme acompanha todo o trajeto do campeão: da saída muito jovem de Manaus à ida ao Rio de Janeiro, onde foi morar na academia em que treinava e vivia das doações de amigos, até o momento em que ganha o cinturão dos pesos-pena de UFC, passando pelo casamento com outra lutadora.

 O elenco ainda não foi definido.

 Siga o blog Mano a Mano no twitter@EduardoCruzMMA

Blogs que citam este Post

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Campeão do UFC é homenageado pelo Flamengo

Tags: - Eduardo Cruz às 14:24:40

José Aldo

Foto: José Aldo celebrando a vitória no UFC 129

O campeão peso pena do UFC José Aldo foi homenageado pelo Clube de Regatas Flamengo, agremiação futebolística da qual é torcedor declarado desde a infância, em Manaus.

Aldo e a equipe Nova União foram recepcionados pela presidente Patrícia Amorim, que inclusive brincou dizendo que o lutador substituiria Ronaldinho Gaúcho, se este vier a se machucar.

Além de diploma, placa e camisa com seu nome, Patrícia ofereceu as dependências e serviços do clube ao time capitaneado por Dedé Pederneiras, além de ter deixado as portas abertas para a criação de um projeto envolvendo Fla e NU.

“Por que não?” disse a presidente. “Vamos conversar com mais calma, com pés no chão. Hoje, o Flamengo agradece esse carinho, que é fundamental . É um privilégio ter essa internacionalização da marca. Se pudermos somar, ótimo” comentou sobre a parceria e o fato de Aldo ter levado a bandeira de uma das torcidas organizadas da equipe carioca ao UFC 129.

Aldo falou emocionado: “Significa muito, é um sonho realizado. Desde criança fui flamenguista doente, sempre chorei e fiquei muito triste quando o Flamengo perdia. É uma paixão inexplicável. Conhecer a Patrícia, que é um ídolo pra mim, ter essa honra, não tenho nem o que falar. Está sendo maravilhoso.”

Pergunta aos leitores do blog: Vocês acreditam que a parceria Nova União-Flamengo seja favorável para o crescimento do MMA no Brasil?

Sigam o blog Mano a Mano no twitter@EduardoCruzMMA.

Blogs que citam este Post

terça-feira, 24 de maio de 2011

Papo rápido com José Aldo a respeito da última luta

Tags: - Guga Noblat às 12:05:12

http://4.bp.blogspot.com/-5X37ZGfqMPw/TacjxtY0NzI/AAAAAAAAGUE/2Sw3Mabc-Ck/s1600/jose_aldo_head.png

Por  Eduardo Cruz:

Um dos melhores atletas da atualidade estreou no UFC 129 perante o maior público da história da organização americana, ocorrido em Toronto, Canadá. José Aldo enfrentou o canadense Mark Hominick e não se intimidou com o fato de lutar em território inimigo. Ao contrário, dominou o adversário, manteve o cinturão da categoria peso pena e faturou o bônus de melhor luta da noite.

“Me sinto ótimo, é um sonho realizado ser campeão do maior evento do mundo. É sensacional” disse em exclusividade ao blog Mano a Mano.

“Os meus pensamentos foram os dos melhores principalmente quando tive a vitória. Acho que a luta foi uma das melhores que já fiz mostrando quanto o Mark é um lutador guerreiro, que valorizou a luta até o fim. Acredito que foi emocionante para todos” disse.

Os duros golpes aplicados pelo brasileiro causaram um inchaço enorme na cabeça de Hominick. Muitos pensam que a interrupção do combate por parte do árbitro teria sido a melhor decisão, mas Aldo reconheceu o brio do oponente.

“Com certeza me surpreendi, mas na luta pelo título vale tudo, tem que ter vontade e raça e isso ele teve. Para mim foi uma surpresa pelo tamanho do inchaço e naquele momento eu acho que o médico deveria ter parado a luta para preservar a integridade do atleta, mas pela força de vontade do Mark e ele querendo continuar a lutar em sua casa diante de 55 mil pessoas, entendo o porquê da luta ter continuado.”

Aldo poderá voltar ao octógono no UFC 133, que será realizado na Filadélfia, onde a organização não promove um evento desde a centésima primeira edição, realizada em agosto de 2009.

O próximo desafiante ao cinturão até 66kg possivelmente será Chad Mendes, lutador invicto na carreira de dez lutas. Mendes lutou quatro vezes no WEC, organização que foi absorvida pelo Ultimate. No UFC, estreou no evento 126 “Silva vs Belfort”, quando derrotou Michihiro Omigawa. A possibilidade de José Aldo enfrentar Chad Mendes no UFC “Rio” não está descartada.

Acompanhe o blog no twitter: http://twitter.com/GugaNoblat

Blogs que citam este Post

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Treinador de José Aldo rebate Shawn Tompikins e diz que será uma luta de MMA, não de boxe

Tags:, - Guga Noblat às 11:26:52

Foto: Presidente do UFC, Dana White, e José Aldo

Por Eduardo Cruz, repórter do blog:

Um dos maiores lutadores da atualidade estreará na maior organização de artes marciais misturadas no dia 30 de abril, em um dos combates do UFC 129.
 
A partir da inclusão das categorias abaixo de 70kg do WEC [evento que havia sido comprado pela Zuffa] pelo UFC, José Aldo, então campeão peso pena, passou a ser mais um campeão brasileiro da organização presidida por Dana White. 
 
Em entrevista exclusiva a este blog, o treinador e líder da Nova União André Pederneiras rebateu comentários de Shawn Tompikins, treinador de Mark Hominick, próximo adversário de Aldo e disse não ter feito nada além da preparação realizada para os demais oponentes do melhor lutador de 2010.
 
O treinador do Mark Hominick disse que o atleta dele é mais rápido com as mãos. O boxe do adversário preocupa a equipe? Há um estudo específico e consequentemente uma preparação para anular o boxe dele?
André Pederneiras: A gente olha a luta como um todo, não somente por um ângulo. Talvez o boxe dele seja melhor mas o contrato diz que a luta é de MMA, não de boxe.

Em outra declaração, o Shawn Tompikins disse que o Aldo só enfrentou wrestlers que se meteram a lutar como kickboxers e que agora enfrentará um lutador que não temerá o brasileiro. O que o senhor acha dessa declaração?
Acho ótimo ele achar isso, vamos ver na hora.

Como tem sido trabalhado o psicológico do Aldo para a estreia? Alguma motivação extra, conversa específica?
Não, tudo igual, nada diferente.

Em relação ao jogo do seu aluno, o que vocês trabalharam mais para esse combate?
De tudo, como eu falei, ele deu ênfase na parte em pé no início e depois treinou o geral como sempre faz.

O que o senhor achou da aquisição do Strikeforce pela Zuffa? O monopólio não é algo temerário para um dono de equipe?
É sempre mais complicado mas nada de apavorar se os dois eventos continuarem.

Como parte da preparação, José Aldo treinou com Andy Sower, bicampeão do K-1, e disse à ESPN recentemente que apesar de ter sido por um período curto de tempo, aprendeu muito com a fera e que pretende retornar para um treinamento mais longo após o confronto contra Hominick.
 
O UFC 129 acontecerá em Toronto, Canadá, onde são esperadas cinquenta e cinco mil pessoas. O canadense Georges Saint Pierre defende o cinturão da divisão dos meio médios contra Jake Shields, e Lyoto Machida busca recuperação de duas derrotas consecutivas contra Randy Couture.

Acompanhe o blog no twitter: http://twitter.com/GugaNoblat

Blogs que citam este Post

quinta-feira, 7 de abril de 2011

José Aldo assina com a Pretorian

Tags: - Guga Noblat às 11:13:34

Foto WEC

Nota enviada pela Pretorian:

Melhor lutador peso por peso da atualidade, escolhido melhor lutador de 2010 pelo “Oscar do MMA” e atual campeão peso pena do UFC, o manauara José Aldo Júnior é o mais novo reforço para o time de lutadores da Pretorian Hard Sports. Aldo chega para fazer companhia a outras feras do UFC como Rodrigo Minotauro, Rogério Minotouro, Fábio Maldonado e Charles do Bronx, além de Marfio Canoletti e Wagner Caldeirão. “Não só pra mim como para todos os lutadores, ter um patrocínio é de extrema importância e graças a Deus a Pretorian chegou em um boa hora, só tem a somar na minha carreira. Espero colher bons frutos com essa parceria”, exalta o mais novo Pretorian Fighter. Seu próximo compromisso será no próximo UFC 129, dia 30 de abril, na sua primeira disputa de cinturão contra o canadense Mark Hominick.

* Siga o blog no twitter: http://twitter.com/GugaNoblat

Blogs que citam este Post

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Jose Aldo chama Chael Sonnen de comédia + Fedor vs Pezão em torneio do Strikeforce

Tags:, , - Guga Noblat às 04:01:03

http://thesportsjury.com/images/stories/jose-aldo-4.jpg

Por Eduardo Cruz, repórter do blog:

Jose Aldo Jr estrearia no UFC no evento 125 ocorrido no dia 1º de janeiro mas uma contusão na cervical adiou os planos do melhor lutador de MMA de 2010, segundo premiação da revista Fighters Only.

“Tenho uma hérnia de disco. Fiz minha última luta em setembro (contra Manvel Gamburyan) e saí muito desgastado. Como estava sentindo dores comecei a perder força no braço. Perdi um centímetro no braço direito, que é onde tenho mais força. Conversei com o Dana White (presidente do UFC) e ele também achou melhor adiar minha estreia. Mas agora já estou bem e ansioso pela volta”, esclareceu entrevista ao D24am.com

Um dos segredos do sucesso de Aldo é a sua constante preocupação em melhorar como atleta e lutador. Atualmente no topo da categoria até 66kg, o amazonense pretende fazer algumas lutas para só então subir para a divisão dos leves do Ultimate.

“Eu não gosto de parar e nunca estou satisfeito. Penso sempre no futuro. Quero fazer três lutas este ano e manter o meu título do peso pena para que em 2012 eu possa mudar de categoria e lutar para ser campeão.”

Entrevista

O que você achou da declaração do americano Chael Sonnen, que disse que Wanderlei Silva estaria vendendo churrasco em Manaus se não fosse o UFC?

Se tratando do Sonnen… Ele é um comédia. Ele fala muita besteira. Fala as coisas que não deve e não sabe. Se falar isso na frente de um amazonense pode dar um problema. O sangue esquenta. O Wanderlei já respondeu. Já estive com o Sonnen. Ele fala para se promover, mas ta passando do ponto. Isso é ruim pra imagem dele e arranha nossa imagem do manauara. Lá já pensam que aqui só tem índio e jacaré no meio da rua, mas isso já está mudando. O que o Sonnen fala não se escreve. Deixa ele falar que só sai m…

Qual lutador você admira no MMA?

Sempre tive muitos ídolos na minha carreira e o primeiro foi o Mike Tyson. Logo no começo tive ajuda do Pedro Rizzo e busquei encaixar meu jogo parecido com o dele. Depois o Rodrigo Ruas, que é irmão do Marco Ruas. Mas hoje gosto muito do Anderson Silva e os outros brasileiros, como o Maurício Shogun e Lyoto Machida, além dos irmãos Minotauro e Monotouro.

Você veio de um bairro humilde. Como você se sente quando chega ao bairro onde você foi criado e os garotos te chamam de ídolo?

Eu me sinto muito bem quando estou no Alvorada e com meus amigos de infância. Muitos sabem como foi a trajetória. Em termos de crianças, eu sempre vou dar um exemplo e incentivar a chegar aonde eu cheguei. Quero fazer o bem e que elas fujam da criminalidade que tem em qualquer periferia.

Você tem um cartel de 20 luta e uma derrota, exatamente em Manaus. Como você avalia essa situação?

Perdi no momento certo. Vinha em uma série muita boa depois de vitórias na Inglaterra e no Japão. Quando vim lutar aqui, perdi no Jungle Fight. Isso me fez bem. Estava falhando um pouco no treinamento e a derrota me pôs no meu lugar. Fiz um balanço e me dediquei ainda mais.

O octógno do UFC é maior que o do WEC. Você já está adaptado a isso?

É verdade. É bem maior mesmo. O treinamento não muda muito. É como no futebol. Se joga em campos de vários tamanhos. Estamos em constante evolução. Eu lutava em um tatamezinho. Depois fui pros ringues. Passei pelo WEC e agora o UFC.

Leia a reportagem completa aqui

http://sportsnickel.com/wp-content/uploads/2010/04/Fedor.jpg

Fedor Emelianenko (Foto Affliction)

Fedor Emelianenko pode lutar contra brasileiro em torneio peso pesado do Strikeforce

Fedor Emelianenko retornará ao octógono do Strikeforce no dia 12 de fevereiro contra Antonio “Pezão” Silva em evento que em Nova Jersey, Estados Unidos. O Sherdog.com divulgou a notícia de acordo com fontes próximas à negociação da luta.

A organização americana trabalha ainda no confronto entre os ex-campeões do UFC Andrei Arlovski e Josh Barnet. No entanto, a Comissão Atlética de Nova Jersey terá que resolver a situação de Barnet, que testou positivo no exame antidoping antes de sua luta contra Fedor, que por esse motivo não se realizou em 2009.

Ambos os combates farão parte de um torneio válido pela categoria peso pesado. Os demais participantes ainda não foram confirmados mas a terceira luta das quartas de final poderá ser entre Fabrício Werdum e Brett Rogers, provavelmente em Columbus, Ohio, no dia 05 de março. A quarta luta do torneio ocorrerá na mesma data mas os desafiantes ainda não foram anunciados.

Fedor não luta desde junho do ano passado quando foi finalizado por Werdum e “Pezão” vem de vitória sobre Mike Kyle no dia 04 de dezembro. O brasileiro mandou um recado para o russo através do blog Mano a Mano:

“Queria dizer que o respeito muito, que ele é uma lenda viva do esporte mas que estarei bem focado e olhando para tudo que passei de dificuldade em minha vida e que farei de tudo para não deixar essa oportunidade escapar”.

Confira a entrevista completa aqui.

* Siga o blog no twitter: http://twitter.com/GugaNoblat

Blogs que citam este Post

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

José Aldo fora do UFC 125

Tags:, - Guga Noblat às 19:34:16

(Foto UFC)

Por Edelson Moura, do Brasil Combate, site parceiro deste blog:

Brasileiro que se sagrou campeão da categoria até 66kg no WEC faria sua estreia no UFC no dia 1º de janeiro

De acordo com o website americano “MMA Junkie.com”, o brasileiro José Aldo (18-1 MMA, 8-0 WEC), agora campeão até 66kg do UFC, está fora do card do UFC 125, evento em que enfrentaria Josh Grispi (14-1 MMA, 4-0 WEC).
 
Os dois estavam escalados para fazer a penúltima luta do UFC 125: “Resolution”, que acontecerá no dia 1º de Janeiro de 2011, no MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas, mas o brasileiro foi obrigado a se retirar do card devido uma lesão na costela.
 
Segundo Josh Gross da ESPN, que postou a noticia no twitter, o problema na vértebra estava causando formigamento nos dois braços de José Aldo, e o brasileiro terá que fazer pelo menos um mês de terapia, o que obriga o campeão a ser retirado do card de lutas.

Até o momento, o UFC não se pronunciou acerca de um adversário para Grispi, nem mesmo se ele será mantido no evento. Shane Carwin enfrentaria Roy Nelson no mesmo show mas também teve sua participação impedida por uma cirurgia nas costas.

* Siga o blog no twitter: http://twitter.com/GugaNoblat

Blogs que citam este Post

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Para Ed Soares, campeão do UFC seria o adversário dos sonhos de José Aldo

Tags: - Guga Noblat às 13:00:13

José Aldo (Foto WEC)

José Aldo (Foto WEC)

Por Eduardo Cruz, repórter do blog:

José Aldo tem sido o atleta mais comentado da atualidade graças às suas empolgantes performances que o colocam entre os melhores lutadores dos tempos modernos no mixed martial arts (valetudo).
 
Ed Soares – empresário de Aldo, Anderson Silva, Lyoto Machida entre outros – disse durante o programa “The MMA Our” que a luta dos sonhos de seu pupilo, campeão do WEC até 66Kg, seria contra o campeão dos leves do UFC (70Kg), Frankie Edgar.
 
“Para ser honesto contigo, se você fosse dizer ‘qual seria a minha luta dos sonhos para o Aldo?’, acho que a luta dos sonhos para ele, a qual acho que seria a luta que todo mundo gostaria de ver seria Frankie Edgar vs José Aldo”.
 
“Essa luta para mim é a luta que todos iriam querer assistir simplesmente porque acho que os estilos deles, a maneira como se casam, faria desse confronto um dos maiores de todos os tempos. Tem o potencial para ser exatamente por causa do estilo deles” disse o empresário que deixou claro que, apesar de respeitar os demais atletas do peso, considera que o brasileiro teria o direito de lutar direto contra o campeão.
 
Edgar vem de sequência de cinco vitórias sendo as duas últimas contra BJ Penn, apontado como melhor lutador do peso em todos os tempos. José Aldo não perde há quase cinco anos, período em que acumulou onze vitórias sobre os mais importantes atletas de sua categoria.
 
A mudança de categoria do brasileiro se justifica pela maneira como tem aniquilado seus adversários, incluindo os ex-campeões Mike Brown e Urijah Faber. Aldo já declarou que pretende subir de peso em um ou dois anos e sua chegada ao UFC daria nova vida à divisão dos leves.
 
Além do campeão, Aldo poderia enfrentar BJ Penn e fazer um dos combates mais aguardados pelos seus fãs no Brasil. No entanto, resta saber se o treinador André Pederneiras concordará com a mudança. Em recente entrevista à “Tatame”, “Dedé” comentou:
 
“Descer de categoria está fora de cogitação porque a gente tem dois atletas na academia com grandes chances de ganhar um cinturão do WEC, que são o Wagnney (Fabiano) e o Renan Barão. Não tem porque a gente fazer isso, a gente quer conquistar o máximo de espaço possível no evento. A gente cogitou isso na época que não tinha ninguém, mas hoje em dia a gente não cogita mais”.
 
“Mas subir… Eu não gosto de subir ninguém de categoria se o cara não tiver com peso para isso. Os caras de 70kg têm 84, 85kg… Eu vejo pelos atletas que eu tenho na academia que estão nessa categoria de peso. Subir para fazer uma luta até vai, mas trocar de categoria, não. Ele está muito novo, tem 24 anos, tem muita coisa para ganhar de massa naturalmente, ganhar peso sem ter que forçar a barra”.
 
E você, caro leitor, acha que é cedo para José Aldo lutar na categoria de cima ou acredita que ele já está pronto para enfrentar novos desafios, quem sabe, no Ultimate Fighting Championship?

* Siga o blog no twitter: http://twitter.com/GugaNoblat

Blogs que citam este Post

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Thiago Tavares analisa adversário de José Aldo no WEC 51

Tags:, , - Guga Noblat às 13:17:51

Por Eduardo Cruz, repórter do blog

Thiago Tavares havia feito corretamente o dever de casa: excelente preparação, dieta para perda de peso, só faltava a vitória para coroar o árduo trabalho do peso leve do UFC. E ela veio ainda no primeiro round com uma guilhotina justa que não permitiu que Pat Audinwood escapasse do estrangulamento.

Thiago tem cinco vitórias no Ultimate Fighting Championship, uma delas sobre Manny Gamburyan (decisão unânime no UFC 94), próximo adversário de José Aldo, campeão da categoria até 66Kg do WEC. Em papo exclusivo após a vitória  no UFC 119, Tavares falou sobre as características do oponente de Aldo e fez uma breve análise:
 
“O Manny Gamburyan tem como pontos fortes o swingado forte com a mão direita, chave de pé e guilhotina. Esses foram os principais aspectos que estudei quando lutei contra ele” comentou.
 
“Ele é um atleta muito forte, pequeno e que erra muito pouco ou não erra, ou seja, ele está sempre esperando a oportunidade de acabar com a luta e por ser baixo e forte é difícil achar brechas no jogo dele, até porque ele não se expõe”.
 
“O José Aldo tem que usar um bom boxe para bater nele na longa distância e utilizar bastante os chutes na cabeça, sempre tomando cuidado com a mão direita do Manny, que já nocauteou muita gente. Tem que ficar ligado com os botes de guilhotina e com as chaves de pé caso a luta vá para o chão. Meu palpite é vitória do José Aldo por nocaute no 3º round” finalizou.
 
O World Extreme Cagefighting 51 “Aldo vs. Gamburyan” acontece no dia 30 de setembro, n o 1stBank Center, em Broomfield, Colororado, Estados Unidos. A seguir, o card completo de lutas confirmadas pela organização americana.
 
Jose Aldo vs. Manny Gamburyan (Disputa do cinturão featherweight)
Jamie Varner vs. Donald Cerrone
Miguel Torres vs. Charlie Valencia
Leonard Garcia vs. Mark Hominick
Mike Thomas Brown vs. Cole Province
Chris Horodecki vs. Ed Ratcliff
Chan Sung Jung vs. George Roop
Diego Nunes vs. Tyler Toner
Antonio Banuelos vs. Chad George
Tie Quan Zhang vs. Jason Reinhardt
Nick Pace vs. Demetrious Johnson

* Siga o blog no twitter: http://twitter.com/GugaNoblat

Blogs que citam este Post

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Chefão do WEC diz que é cedo para José Aldo subir de categoria

Tags:, - Guga Noblat às 00:29:37

Foto WEC

Foto WEC

Por Eduardo Cruz, repórter do blog:

Reed Harris diz que José Aldo ainda tem muitas feras para enfrentar no WEC

José Aldo é o melhor lutador do mundo até 66Kg. Sagrou-se campeão da mais importante organização para atletas de categorias mais leves – WEC -, com uma apresentação de gala contra Mike Brown em novembro do ano passado, quando derrotou o americano por nocaute técnico no segundo round da luta.

Em sua primeira defesa de cinturão em maio deste ano, Aldo novamente enfrentou outra pedreira, o outrora lutador dominante da categoria Urijah Faber. O brasileiro deu outro show e garantiu o título em combate vencido por decisão unânime dos árbitros em outra noite memorável.

Desde então, a comunidade do MMA passou a apontá-lo como o próximo lutador a se destacar na categoria dos leves (70Kg) e quem sabe migrar para o UFC. Aldo cogita a possibilidade de subir de peso, mas não agora. E para seu chefe, o gerente-geral da organização, Reed Harris, ainda existem oponentes para Aldo na atual categoria.

“Não acho que ele esteja próximo de limpar a divisão. Tenho vários nomes sobre a mesa” comentou. “Josh Grispi me disse há duas semanas que adoraria a oportunidade de ficar frente a frente com Aldo. Tenho muitos caras a fim de lutar com ele. Acho que ele provavelmente terá um ou dois anos pela frente para começar a pensar em ir para outra categoria” finalizou Harris.

Aldo volta à jaula do World Extreme Cagefighting no dia 30 de setembro para enfrentar Manny Gamburyan no 1STBANK Center, em Broomfield, Colorado, em mais um excelente card repleto de ótimo lutadores que já ostentaram o título de campeões de suas respectivas categorias. Confira todos os confrontos a seguir:

Jose Aldo Vs. Manny Gamburyan
Jamie Varner Vs. Donald Cerrone
Miguel Angel Torres Vs. Charlie Valencia
Chan Sung Jung Vs. George Roop
Leonard Garcia Vs. Mark Hominick
Tiequan Zhang Vs. Jason Reinhardt
Mike Brown Vs. Cole Province
Chris Horodecki Vs. Ed Ratcliff
Tyler Toner Vs. Diego Nunes
Antonio Banuelos Vs. Chad George
Demetrious Johnson Vs. Nick Pace

* Siga o blog no twitter: http://twitter.com/GugaNoblat

Blogs que citam este Post

Posts mais antigos »

Terra Magazine América Latina, Veja a edição em espanhol