Terra Magazine

Monday, 18 de April de 2011

Junior dos Santos "Não será fácil para o Brock Lesnar me derrubar"

Tags: , - Guga Noblat às 18:07:46
Por Eduardo Cruz, repórter do blog: Junior dos Santos é apontado como um dos melhores boxers do mixed martial arts na atualidade graças a suas mãos pesadas e certeiras que já levaram ao chão nomes importantes da categoria peso pesado como Fabrício Werdum e Mirko Cro Cop. Não restando dúvidas sobre sua qualidade na luta em pé, a grande questão a ser respondida é o quanto “Cigano” é bom no chão e esse questionamento se faz ainda mais necessário tendo em vista o próximo adversário do brasileiro ser um especialista em quedas. “Meu wrestling está muito bom e acho que serei difícil para o Brock Lesnar  derrubar” disse ao programa MMA Hour. “Estarei muito preparado e em forma. Tenho que estar cem por cento nessa luta” falou sobre o confronto entre os treinadores do reality show The Ultimate Fighter, TUF. “Se ele tentar derrubar – e com certeza ele tentará – eu me levantarei e manterei a luta em pé. Esse é a meu caminho para vencer a luta. Vou buscar o nocaute a todo momento. Ele é um wrestler, portanto se sente desconfortável quando socam ele.” “Acho que a luta dele contra o Cain Velasquez [campeão da categoria peso pesado do UFC] mostrou coisas boas para mim porque acredito que ele tenha o queixo fraco. Tentarei usar isso, disparar alguns socos e tentarei usar o meu boxe.” No confronto do dia 11 de junho, Dos Santos colocará em jogo não somente a oportunidade de disputar o título da categoria mas também o status de desafiante número um ao cinturão, o qual ele abdicou para não ficar afastado do octógono por muito tempo. Caso comprove ter bom jogo de chão, como o do mestre Rodrigo “Minotauro” Nogueira, Junior dos Santos mostrará ao mundo que possui plenas condições de se tornar o próximo campeão da divisão, resultado da união do poder de nocaute, wrestling e jiu-jitsu em um único lutador. Acompanhe o blog no twitter: http://twitter.com/GugaNoblat

Blogs que citam este Post

Wednesday, 26 de January de 2011

Junior Cigano: "Lesnar tem o queixo fraco"

Tags: - Guga Noblat às 17:28:15
Foto UFC Por Eduardo Cruz, repórter do blog: Junior dos Santos e Brock Lesnar são os treinadores do reality show The Ultimate Fighter. Os pesos pesados já começaram as gravações e curiosamente quem disparou a primeira crítica em relação ao adversário foi o brasileiro, que normalmente é comedido em suas declarações. “Ele não absorve bem os socos. Sou do boxe, então não tenho problema com socos. Os caras podem me socar pois não sinto nada, apenas sigo em frente. Isso não acontece com ele” disse Cigano sorrindo. “Não sei por quê mas acho que ele tem um queixo fraco. Acredito que posso nocauteá-lo.” Os treinadores são responsáveis por duas equipes de lutadores meio médios, até 77kg, que fazem parte de um torneio que será filmado durante as próximas seis semanas. Em junho as feras se enfrentam após a transmissão do episódio final do programa. A expectativa é de quebra de recorde de audiência do TUF e o ex-campeão acredita que o público se interessará principalmente por causa do desejo que as pessoas têm de vê-lo lutar e não por falácias normalmente proferidas pelos treinadores escolhidos para atuar no show. “Não é um jogo para mim. Não tenho que circular fazendo piadas e provocando os rivais. Os outros lutadores têm que fazer esse tipo de coisa pois do contrário ninguém gostaria de assisti-los. Não preciso de historinha [para chamar a atenção]. Sou Brock Lesnar e as pessoas querem me ver lutar” declarou sem modéstia. A estreia está marcada para o dia 30 de março. O treinador de boxe Luis Carlos Dórea, Antônio Peinado (jiu-jitsu), Billy Scheibe (Muay Thai) e o campeão dos médios Anderson Silva são alguns dos auxiliares de Ciganono TUF 13. * Siga o blog no twitter: http://twitter.com/GugaNoblat

Blogs que citam este Post

Wednesday, 12 de January de 2011

Cigano e Lesnar são os treinadores do TUF 13

Tags: , , - Guga Noblat às 13:06:21
Por Eduardo Cruz, repórter do blog: O presidente do UFC, Dana White, anunciou na noite de ontem que o ex-campeão peso pesado Brock Lesnar e o desafiante número 1 ao cinturão da categoria, Junior dos Santos, serão os treinadores da 13ª Temporada do reality show “The Ultimate Fighter”. Ao final da temporada, os grandalhões se enfrentarão no final do ano.   A expectativa da torcida brasileira girava em torno do anúncio de um adversário para “Cigano” disputar o cinturão interino mas Dana White surpreendeu a todos e colocará pela segunda vez treinadores pesos pesados  como técnicos  no seriado. Na primeira vez, Antonio Rodrigo “Minotauro” Nogueira rivalizou com Frank Mir as atenções do TUF.   Lesnar é um dos maiores sucessos dos anos recentes do MMA. O ex-campeão NCCA de wrestling pela Universidade de Minnesota estreou no esporte em 2008, e apesar do tamanho avantajado, demonstrou muita força, agilidade e rapidez e se tornou campeão do UFC em sua quarta luta derrotando Randy Couture. Após duas defesas de cinturão contra Frank Mir e Shane Carwin, Brock perdeu o título para Cain Velasquez  no UFC 121, realizado em outubro.   Junior dos Santos também estreou no UFC em 2008 e ganhou fama ao nocautear o favorito Fabrício Werdum no primeiro round daquele espetacular combate. Em seguida, passou por cima de Stefan Struve, Mirko Cro Cop, Gilbert Yvel e Gabriel Gonzaga. Conquistou o status de desafiante ao cinturão com uma vitória sobre Roy Nelson, dessa vez por decisão unânime. Dos Santos preferiu não aguardar a recuperação de Velasquez para ser o treinador e para pegar Lesnar.   “Tanta coisa aconteceu nas últimas semanas, mas decidimos que eles eram os lutadores ideais para o programa. Faz todo o sentido do mundo escolher os dois como treinadores, ainda mais com a lesão do Cain. Tenho certeza que será uma temporada empolgante”, comentou White. “Deixar um lutador como o Dos Santos sem lutar seria ridículo. Ele é um garoto que define suas lutas no primeiro ou no segundo round e sempre manifestou o desejo de continuar lutando mesmo com a lesão de Cain. Isso foi perfeito para nós”, finalizou Dana.   Pergunta para os leitores do blog: Quem vencerá o confronto entre os treinadores do TUF 13, Junior “Cigano” dos Santos e Brock Lesnar? * Siga o blog no twitter: http://twitter.com/GugaNoblat

Blogs que citam este Post

Thursday, 8 de April de 2010

Cigano no topo dos pesados e de olho nos concorrentes

Tags: - Guga Noblat às 11:25:41
UFC

Foto: UFC

Depois de trucidar cinco oponentes no UFC, Junior Cigano cravou o nome dele entre os principais atletas da divisão dos pesados. Chegou-se a ventilar que ele enfrentaria o americano Cain Velasquez para ver quem seria o próximo desafiante ao cinturão. Mas foi apenas boato. À espera de um próximo rival, Cigano revelou ao blog Mano a Mano que está pronto para disputar o cinturão. No bate-papo exclusivo ele fala sobre os principais atletas da categoria e se diz impressionado com a boa fase de Shane Carwin, novo campeão interino do UFC. Confira abaixo: Blog Mano a Mano - O boato de que você ia lutar contra o Cain Velasquez surgiu como? CIGANO - Isso ai foi especulação da imprensa. Saiu em alguns sites que eu poderia enfrentar ele, mas o UFC nunca me disse isso e já falaram que essa luta por enquanto não vai acontecer. Por enquanto não sei quem será meu próximo oponente. Você tava animado com essa história de encarar o Cain? Com certeza uma luta contra o Cain seria muito interessante já que ele está em uma boa fase, invicto e com certeza seria uma luta que eu gostaria de fazer. Ficou surpreso com a vitória rápida de Shane Carwin contra Frank Mir? Fiquei surpreso com a forma veloz como a luta acabou. Foi uma luta dura, mas o Shane mais uma vez provou que não tá pra brincadeira e que tem uma mão pesadíssima e conseguiu mais um grande nocaute. Acho que ele merece a disputa de cinturão. Você tinha apostado em quem antes da luta entre Mir e Shane? Eu achava que o FranK Mir ia se dar melhor. Acho que ele tem mais experiência, mas o Shane acabou surpreendendo. O Shane tem um estilo que casa bem com o seu, não acha? Com certeza. É um cara que tá muito bem ai e acredito que contra o Brock Lesnar ele pode surpreender também. Caso tenha uma luta minha contra ele, eu vou ter que treinar bastante pra me apresentar bem. Ele tem uma mão que parece uma pedra. Hoje o Shane é o mais perigoso entre os pesados? Acho que o Lesnar e o Shane são perigosos. Os dois estão no limite da categoria, pesam mais de 120 kg. Com força e a experiência que tão tendo eles dois são os principais nomes dos pesados do UFC. Dá mais frio na barriga saber que vai encarar o Lesnar ou o Shane? O Brock Lesnar por conta da força dele e da excelência que ele tem no wrestling seria mais complicado pra mim. Acho que poderia lutar melhor contra o Carwin já que ele aceitaria a trocação. Seu palpite para o duelo entre Lesnar e Shane? Antes da luta entre o Shane e o Mir eu falaria que o Lesnar ganharia. Mas depois dessa luta do Shane e essa prova que ele deu pra gente acredito que será uma luta bastante dura que pode dar qualquer um dos dois. Tem previsão de lutar? Ainda não. A gente tá esperando o UFC decidir. Espero que no máximo até julho eu lute de novo. Quem seria um bom oponente pra sua próxima luta? Já falaram que não vou enfrentar o Cain e o Shane. Então to esperando alguém como o Cheick Congo ou o Ben Rotwell. Pra mim não é interessante enfrentá-los, mas a gente tá lá pra lutar e eles falaram que ainda não é o momento de eu enfrentar os caras que tão na minha frente no ranking. Tenho que me focar em lutar bem de novo pra depois pegar essas caras ou quem sabe lutar pelo cinturão. E o Frank Mir, tem chance de enfrentá-lo? Talvez. É uma luta que seria boa pra mim. Tem alguma novidade sobre o Rodrigo Minotauro? Por enquanto, não. Não marcaram nada ainda pra ele. Não sei porque tão demorando tanto em marcar uma luta pra ele. Vamos aguardar. Acho que ele devia lutar contra o Cheick Congo, talvez. A última luta do Rodrigo acabou como acabou, mas posso garantir que ele tava voando, tava bem. Mas o Cain tá em grande fase e teve sorte também. Acabou que aconteceu essa fatalidade. Aquele papo de ser o guardião do cinturão do Minotauro acabou? Vai aceitar uma disputa de título se o UFC te oferecer? To num momento muito bom. Espero que o UFC saiba aproveitar. Com certeza o cinturão muito me interessa. To pronto pra disputar o cinturão. Inclusive o Rodrigo me apóia muito e acha que seu eu tiver essa oportunidade eu devo disputar o cinturão. É um momento que eu tenho que aproveitar. * Siga o blog no twitter: http://twitter.com/GugaNoblat

Blogs que citam este Post

Friday, 8 de January de 2010

Cigano se firma como astro do UFC, mas não pensa em cinturão

Tags: - Guga Noblat às 06:26:24
    As fotos acima registram o principal momento do duelo travado no último sábado entre Júnior dos Santos Cigano e Gilbert Yvel pelo UFC 108. - Saiba tudo sobre o UFC 108 O cruzado avassalador do catarinense radiacado na Bahia pôs o holandês na lona e ergueu o nome dele ao posto de astro da divisão dos pesados. O combate contra Yvel acabou em pouco mais de 2 minutos. Foi a décima vitória em onze lutas. E a quarta no UFC. Numa entrevista ao blog Mano a Mano, Cigano fala sobre os planos para 2010. Conta que dá mais frio na barriga encarar o croata Mirko Cro Cop do que o campeão Brock Lesnar. Diz que é a vez de Rodrigo Minotauro lutar pelo cinturão. E relembra a vitória arrassadora no UFC 108. Leia abaixo: Resume 2009: Foi sucesso puro, graças a Deus. Foi uma virada muito boa na minha vida. Eu to aparecendo mais e acredito que hoje em dia faço parte do time top do UFC. Frank Mir deve lutar contra Shane Carwin pelo título interino dos pesados. Não tem atletas mais gabaritados para disputar a cinta no lugar deles? Tanto o Mir quanto o Carwin são lutadores de ponta, mas eu acredito que o Rodrigo Minotauro estaria na frente (na corrida) para disputar o título interino. O Mir acabou de perder para o Brock Lesnar (campeão). O mais justo seria a oportunidade do Rodrigo Minotauro fazer a luta pelo título interino. O Cain Velasquez (próximo oponente do Minotauro) está apto a disputar o cinturão. Acho que seria a melhor luta. Mas o MMA hoje em dia não segue necessariamente o ranking. É conforme o evento quer e conforme vende. Se o Minotauro conquistar o cinturão dos pesados você deixará de lado a pretensão de se tornar um campeão ou pode voltar atrás na promessa de jamais enfrentá-lo? Enquanto o Minotauro for o campeão eu não luto pelo título. Acho que to muito bem, to feliz com a minha carreira do jeito que tá. Minotauro sendo o campeão eu não preciso desse cinturão. Assim que ele quiser se aposentar ou, Deus me livre, perder o cinturão, ai sim eu vou focar no título. Esse negócio de enfrentar ele é realmente impossível. Como deve se desenrolar o duelo entre Minotauro e Velasquez? Acredito numa finalização do Minotauro. Velasquez é um cara bastante duro, tem muito gás, se mostrou um cara excelente nessa parte do gás e da pressão, e um wrestiling muito bom. Ele vai tentar pôr o Minotauro pra baixo, mas não terá sucesso. Se a luta se desenrolar em pé, acredito que o Minotauro tem um bom boxe. Quem são os cinco mais perigosos da sua divisão, sem contar você e o Minotauro? Acho o Shane Carwin bem duro. Tem o próprio campeão Brock Lesnar. O Cain Velasquez, o Frank Mir. E...(pausa para pensar), o Mirko Cro Cop, que é o mais perigoso deles. O Cro Cop é mais perigoso do que o Lesnar? Dá um pouco mais de nervosismo enfrentar o Cro Cop do que o Lesnar. Cro Cop é um cara bastante perigoso. É só conectar o chute de esquerda que a luta acaba (risos). Foi um combate bastante apreensivo pra mim. Eu tava ligado o tempo todo. Tava muito veloz, porque treinei muita velocidade para escapar do chute. Mas sai da luta bastante machucado. Foi a luta mais dura que fiz no UFC. O Cro Cop focado é um dos melhores. Você pretendia vencer Gilbert Yvel por KO ou planejava levar a luta para o solo, mas acabou vencendo mais cedo do que esperava? Eu me senti bem lutado em pé. Minha estratégia era começar a luta em pé e caso precisasse levaria a luta para o chão. Mas meu plano era me manter em pé no início e deu certo. A luta foi mais fácil do que você esperava? Eu sabia que se conectasse meus golpes ele iria sentir. Eu acredito bastante no potencial das minhas mãos. Eu achei ele bastante duro. Ele jogou bons golpes de encontro, tanto que no primeiro jab que eu lancei ele respondeu com um cruzado. Ele tava tentando seguir uma estratégia de acertar golpes de encontro (com os meus). Eu percebi isso e joguei um direto em baixo, na barriga, pra sair do direto dele e depois levei a sorte de conectar bem um cruzado. Quais seus planos depois de bater o Yvel ? Onde essa vitória pode te levar? Eu não tenho pressa de disputar o cinturão. Tudo virá na hora certa. A minha vida graças a Deus está ótima neste momento e estou feliz com o que faço.  Quem você gostaria de encarar agora? Não me passaram nada ainda. Acho que até o fim desse mês já deve ter um adversário pra mim. Adversário, eu não escolho. Quem o UFC quiser que eu lute será bem vindo e treinarei bastante para fazer frente a qualquer um no UFC. Alguns fãs não conhecem seu jogo de solo pois você foi pouco testado no chão e sua única derrota foi justamente por finalização. O seu jiu-jitsu faz frente aos tops? Eu acredito que sim. Eu treino muito todas as artes, inclusive o jiu-jitsu. To tentando me manter bem nessa parte de solo já que cada vez mais vão querer me levar para o chão. Acredito que posso surpreender na parte de chão. Pode um dia competir no pano (JJ)? Eu já competi no pano quando era faixa-azul aqui na Bahia mesmo. Ganhei no peso absoluto, mas tem tempo já e não participei mais. O meu foco hoje em dia é o vale tudo e isso ficaria em segundo plano. Ainda tá na faixa-roxa (de JJ)? Duas semanas antes de lutar contra o Yvel eu ganhei a marrom do meu professor Iuri Carlton, aqui da Bahia. Inclusive o Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro assinaram embaixo. Então to me sentindo muito bem. A faixa-marrom foi bem vinda. To me sentindo bastante motivado a aprender cada vez mais o jiu-jitsu. Por que nas lutas você representa a Bahia e não o seu estado natal? Eu vim de Santa Catarina, moro na Bahia já há sete anos, mas tudo começou aqui na Bahia. Eu treino há mais ou menos cinco anos, e comecei a treinar e a conhecer as artes marciais aqui na Bahia, justamente com meu professor Iuri Carlton. Então, eu represento a Bahia porque foi aqui que eu comecei a treinar e a Bahia me reconheceu como lutador. Em Santa Catarina eu não fazia nada relacionado à luta. * Siga o blog no twitter: http://twitter.com/GugaNoblat

Blogs que citam este Post

Thursday, 15 de October de 2009

Napão vs Cigano cada dia mais próximo

Tags: , , , - Guga Noblat às 09:44:34
Napão

Napão

Pelo jeito mais dois brasileiros duelarão no octógono mais famoso do MMA (antigo Vale Tudo) mundial.   O carioca Gabriel Napão Gonzaga deve encarar o catarinense Júnior dos Santos Cigano na 108ª edição do UFC, programada para o dia 02 de janeiro, em Las Vegas, Nevada. Várias fontes estrangeiras ventilaram esse combate. O blog Mano a Mano ouviu o técnico e empresário de Napão, o faixa-preta Marco Alvan, para confirmar o confronto contra Cigano. Segundo Marco, a luta ainda não foi assinada e sequer foi feito um acordo verbal. Entretanto, ele afirmou que Napão estará mesmo no UFC 108 e lutará contra um TOP 10. "Isso é certo. O Napão luta no dia 02 de janeiro contra um dos dez melhores pesos-pesados do UFC. Só não tenho certeza ainda se será o Cigano", disse Marco. Perguntado se Cigano seria o oponente ideal para o Napão, Marco foi taxativo: "Com certeza o Cigano é um grande adversário e um dos melhores pesados do UFC. E hoje, vários atletas TOPs já estão com luta marcada. Então, o Cigano é uma boa opção", concluiu o empresário da equipe Team Link. Outras lutas entre brasileiros programadas para os próximos UFCs são: Anderson Silva x Vitor Belfort, Thaigo Pitbull vs Paulo Thiago , Rogério Minotouro vs Luis Cané Banha e Lyoto Machida vs Maurício Shogun. Para Marco é natural tantos duelos entre brasileiros e ele não se incomoda em ver o Napão encarar um compatriota: "Não acho que o UFC esteja querendo queimar os atletas do Brasil. O que acontece é que os brasileiros estão dominando o MMA e é mais que natural que um lutador cruze o caminho do outro. Não vejo problemas numa luta entre Napão e outro atleta do Brasil", garantiu Marco. Sobre a especulação em torno de uma possível luta entre Napão e Rodrigo Minotauro, Marco jurou que nada ouviu a respeito desse duelo e negou qualquer negociação nesse sentido. Nos próximos dias, mais informações.

Blogs que citam este Post

Friday, 2 de October de 2009

Cigano fala em nocautear Brock Lesnar e diz que Cro Cop e Wanderlei não evoluíram

Tags: - Guga Noblat às 09:17:15
Cigano acerta Cro Cop

Cigano acerta Cro Cop

Cadê a minha pizza? perguntava Júnior dos Santos "Cigano", enquanto flexionava os braços para exibir os músculos como se tivesse carregando uma caixa redonda. Cigano às vezes comporta-se como uma criança. Está sempre de bom humor e fazendo piada com os colegas de equipe. A da pizza para mostrar os músculos foi durante uma brincadeira com a filha do empresário Ed Soares no estacionamento de um restaurante em Los Angeles. Entretanto, Cigano tem um salvo-conduto. É jovem. Apenas 25 anos de idade. Cinco deles dedicados ao jiu-jitsu. Luta MMA (Vale Tudo) desde 2006. E apesar de ser um "novato" atingiu um patamar que é mais comum a veteranos. Virou estrela do UFC. Está no topo da categoria peso-pesado depois de uma vitória contundente diante da lenda croata Mirko Filipovic Cro Cop no UFC 103. Ainda sob efeito da vitória marcante de duas semanas atrás, Cigano conversou com o blog Mano a Mano a propósito dos planos para 2010 e da repercussão do combate contra o croata. Segundo Cigano, atletas como Cro Cop e Wanderlei Silva não evoluíram depois que deixaram o Pride (organização japonesa de MMA falida em 2006). Por isso se encontram em má fase. Cigano também desenhou como seria um duelo contra o atual campeão Brock Lensar: "Boxe pra cima dele", prometeu. Segue a entrevista desse atleta de Santa Catarina que tem, por ora, nove vitórias e uma derrota no cartel. Blog Mano a Mano - Achava que venceria o Cro Cop de forma tão contundente? Eu treinei para lutar contra ele em pé. Eu sabia que podia surpreender ele em pé. Todo mundo quer levar ele para o chão, caminhar para o lado esquerdo dele, não dar espaço para o chute e levar ele para o chão. Essa não era minha intenção. Queria mesmo surpreender e procurar a trocação (de socos e chutes). Graças a Deus minha estratégia funcionou. Tem críticos que acham que chegou a hora do Cro Cop se aposentar, o que você acha? O Cro Cop foi a luta mais dura que eu já tive. O Rodrigo (Minotauro) tinha dito pra mim que ele era muito duro e realmente você pode ver que a minha cara saiu bastante machucada dos poucos golpes que ele acertou. Ele acerta forte. Eu tava muito bem treinado e tinha uma estratégia muito certa na cabeça. Eu acho que o Cro Cop é muito bom e não sei se ele deveria se aposentar. Eu sentia na hora do clinch a força dele. Mas dizem que ele já não é a mesma coisa que era no Pride (extinto evento do Japão). Eu acho que o problema dele é que ele ficou um tempo parado e o MMA ta evoluindo muito e ele não acompanhou essa evolução, assim como o Wanderlei Silva (estrela do Pride também). Isso que ta levando o Cro Cop a estar tendo resultados negativos. Se você e o Cro Cop tivessem se enfrentando em 2006 (auge do croata) e você tivesse o conhecimento de MMA que tem hoje, o resultado da luta seria o mesmo? Eu acredito que sim. Com o conhecimento que eu tenho hoje o resultado seria o mesmo. Eu estudei as lutas antigas dele e é o mesmo estilo do de hoje. Ele se sente acuado quando alguém caminha pra cima dele. Eu caminhei o tempo todo pra cima e andei no caminho contrário da perna boa (a esquerda) dele, mas não só fugindo dele. Eu caminhei pra cima. Eu abafei ele até a hora que ele se sentiu acuado. Quando ele se sente pressionado ele não consegue soltar o principal chute dele. Eu tomei vário golpes no 1o round, mas impus meu jogo, que era o de acuar ele. Então você acha que Cro Cop e Wanderlei estagnaram no tempo, não acompanharam a evolução do esporte? Eles são ótimos lutadores e muito competentes, mas o pessoal que ta vindo, ta querendo o seu espaço e ta com fome. Disseram que eu tava com fome antes da luta e era verdade. Eu tava com fome de vencer e fui bem treinado e preparado pra isso. Se eu perdesse, sabia que faria uma luta dura. Wanderlei e Cro Cop continuam fazendo o que eles faziam de melhor naquela época (do Pride). Eles não evoluíram muito e isso ta dificultando a vida deles. Quais os planos do UFC para o seu futuro? Talvez o vencedor de Cain Velasquez vs Ben Rothwell seja meu próximo adversário. Provavelmente será contra o vencedor dessa luta ou então eu não sei. Mas é aquele negócio, não escolho adversários. Vou ficar feliz de lutar contra qualquer um. Alguém te disse que você lutará contra o vencedor de Velasquez vs Ben ou é um palpite seu? É um palpite meu já que a luta deles está próxima de acontecer (dia 24 deste mês) e minha foi recente. Mas é só um palpite. Não tem nada em vista ainda. Este ano você não luta mais, certo? Eu queria lutar mais uma vez já que fiquei mais de sete meses sem lutar, depois da minha segunda luta no UFC que foi em fevereiro. Se desse queria fazer mais uma até dezembro. Mas não sei, depende do UFC. Seu nome passou a ser cotado para o cinturão depois da luta contra o Cro Cop. O que você acha disso? Acho excelente. Isso é o que a gente busca. A gente faz o trabalho todo esperando ver que as pessoas estão reconhecendo o nosso trabalho. Vendo que a gente pode ser um bom adversário para grandes nomes e até contra o campeão. Mas acho que tudo na sua hora. Não tenho pressa de lutar pelo cinturão. To aprendendo bastante ainda. Cada dia aprendo mais. Nunca tinha passado do primeiro round nas minhas lutas e na última lutei quase três rounds completos. Então foi uma experiência muito boa pra mim. Vou sempre fazer meu máximo. Você prefere aguardar uma disputa de cinturão para dar vez ao Rodrigo Minotauro (parceiro de treinos e tutor)? O Rodrigo é merecedor. Ele é o maior campeão que o UFC tem hoje. E com certeza merece lutar pelo título. Já provou que a derrota para o Frank Mir foi uma fatalidade. Todo mundo viu que a luta contra o Randy Couture (a última do Minotauro) foi bem mais dura e ele venceu. Uma disputa pelo título viria bem pra ele. Tenho certeza que ele voltará a ser o campeão do UFC. Por enquanto eu não tenho pressa. Gosto de falar que eu serei uma espécie de guardião do Rodrigo. Para lutar com ele tem que passar por mim (risos). Aceitaria lutar contra o Rodrigo Minotauro se oferecessem a maior bolsa da vida de vocês? Não. É impossível. Desde o início da minha carreira ele me ajudou, me deu os caminhos das pedras, me ensinou como lutar contra os caras tops. Me colocou em condições de pegar os tops, como o Fabrício Werdum e agora o Cro Cop. Ele é como um irmão. Um cara muito especial na minha vida. Se te colocarem frente a frente com Brock Lensar (campeão do UFC), qual estratégia seguir para batê-lo? Boxe pra cima dele. Eu confio muito nas minhas mãos, no meu boxe. O professor Luiz Dórea faz um trabalho que vai além do boxe. Ele me prepara psicologicamente para as lutas. E acredito muito que eu possa nocautear o Lesnar. Nas minhas lutas eu sempre vou procurar o nocaute. O Lesnar é um cara forte, um cara pesado, mas em cima eu sou muito mais rápido e tenho muito mais habilidade do que ele. Tenho condições de me movimentar pra ele não conseguir me derrubar. Ia atrás do nocaute.

Blogs que citam este Post

Wednesday, 30 de September de 2009

Dórea acha que não é hora de Cigano pensar em cinturão

Tags: - Guga Noblat às 09:40:55
Onze dias atrás Júnior dos Santos, vulgo Cigano, deu uma aula de boxe s para o kickboxer croata Mirko Filipovic Cro Cop. Foi uma vitória histórica para Cigano. Cro Cop é um dos atletas mais respeitados do MMA (Vale Tudo) mundial. A surra foi tão humilhante que notícias de que o croata se aposentaria passaram a circular na imprensa. Depois de bater Cro Cop na 103a edição do UFC, o catarinense Cigano passou a ser cotado para o título dos pesados. Ainda precisa vencer mais algumas lutas, mas está no topo da categoria dominada pelo americano Brock Lesnar. Entretanto, Luiz Dórea, treinador de boxe e mentor de Cigano, acha cedo pensar em cinturão. Para ele, seu pupilo deve ganhar mais experiência e melhorar as técnicas antes de uma disputa de título. " "Quando o momento chegar, e vai chegar, o Cigano vai manter o cinturão por muito tempo", previu Dória num bate papo com o blog Mano a Mano. Segue o que Dórea disse de mais interessante: - A gente não tem pressa em ver o Cigano numa disputa de título. Cinturão, agora, é para o Rodrigo Minotauro. Nós estamos pensando no cinturão para o Rodrigo. Mas o Cigano tá ai. Ta na fila e cabe ao UFC. Hoje, o pensamento para cinturão é para o Rodrigo. O Cigano não tem essa pressa. Ele tem pressa de aprender, em evoluir. Isso nós temos pressa. Em trabalhar duro. Pensar em cinturão ainda não. Quando o momento chegar, e vai chegar, ele vai manter o cinturão por muito tempo. - O Cigano é um garoto novo, com três lutas no UFC. É um talento. Aprende tudo com facilidade. Um garoto que ainda é muito jovem e ainda tem muito a produzir. É um verdadeiro atleta. Treina de segunda a sábado. Ele tem apenas 4 anos de treino de MMA. Treina boxe de segunda a sábado, que é o carro chefe dele. É um atleta de nível muito alto. E nós, com todo respeito, estávamos muito confiante de que ele venceria o Cro Cop. O Crop Cop é um grande striker. É uma lenda do MMA. Só que esse momento é um momento que o Cro Cop tá numa decrescente e Cigano em uma crescente. Então, esse momento que os dois se encontraram era um momento muito bom pra gente. Com certeza um dia ele vai segurar o cinturão.

Blogs que citam este Post

Saturday, 19 de September de 2009

Vitor Belfort faz luta principal do UFC 103 no Texas

Tags: , , , - Guga Noblat às 13:23:03
Mais um UFC tomará curso logo mais, a partir de 23h, em Dallas, Texas. A 103ª edição do UFC terá como luta principal o duelo entre o carioca Vitor Belfort e o americano Rick Franklin numa categoria de peso especial (88,5 kilos). Belfort teve problemas para bater o peso ontem, mas no fim deu certo. Ex-campeão do torneio dos pesados e dos meio-pesados do UFC, Belfort está retornando ao seu berço, o UFC. Foi nesse evento que ele surgiu para o MMA (Vale Tudo). Sua última apresentação no UFC foi em fevereiro de 2005. Outros dois brasileiros lutarão no card principal do UFC 103, Hermes França e Junior dos Santos Cigano. O mais novo colaborador especial deste blog Vinicius Fabiano preparou um texto com um pouco da história dos brasileiros que lutarão hoje e também de seus adversários. Vinicius escreve para o site www.PlanetaMMA.com.br e é um entusiasta desse esporte. Seguem os históricos dos atletas, por Vinicius: * Hermes França vs. Tyson Griffin Categoria: Lightweight Division (155 lbs) Divisão dos pesos leves até 70 kilos Nome: Hermes Franca Lutas no MMA: 19 - 7 - 0 (Vitórias - Derrotas - Empates) Peso: 70 kilos Altura: 1,68 cm Idade: 35 anos O brasileiro nascido em Fortaleza já tem longa história no MMA, fez sua estréia há 8 anos, começando com o pé direito, e com uma sequencia avassaladora que lhe deu a oportunidade de lutar a primeira vez no UFC em 2003. Já no maior evento do mundo a sorte não foi tão grande. Com uma vitória e duas derrotas consecutivas acabou sendo cortado nado evento, retornando apenas em 2006 quando venceu o americano Joe Jordan com um triangulo. Desde então o cearense colecionou bons resultados no octógono, onde em 7 de julho de 2007 teve a oportunidade de lutar pelo título dos Leves com o até então campeão da categoria Sean Sherk. Em uma luta muito amarrada e como poucas opções, ninguém conseguiu finalizar ou nocautear, e a decisão foi parar nos jurados, que deram a vitória ao atleta da casa. A ultima luta de Hermes foi uma vitória no UFC 90 em junho de 2008, contra o também brasileiro Marcus Aurélio, na decisão dos jurados. Vitórias marcantes: Caol Uno, Nocaute (Socos ) no UFC 44 Undisputed em 26/09/2003 Nate Diaz, Submission (Chave de braço) no WEC 24 Full Force em 12/10/2006 Spencer Fisher, Nocaute técnico ( via socos ) no UFC Fight Night 8 em 25/01/2007 Prospectiva de futuro: Hermes França ainda está distante de sonhar com alguma outra oportunidade de disputar novamente o título da categoria, pois ficou praticamente 1 ano sem lutar devido a uma lesão. Nesse tempo, muitos outros atletas "passaram" a sua frente e ele terá que galgar vitória a vitória uma nova chance. ------------------------------------------ Nome: Tyson Griffin Lutas no MMA: 13 - 2 - 0 (Vitórias - Derrotas - Empates) Peso: 70 kilos Altura: 1,68 cm Idade: 25 anos Com nome de campeão, Tyson Griffin, podemos dizer, é um prodígio no MMA. Estreou no mundo do vale tudo com apenas 20 anos de idade e já com uma boa quantidade de êxitos. Conhecido por ter um condicionamento físico espetacular, foi conhecer sua primeira derrota apenas em 2007 contra o também ótimo lutador Frankie Edgar no UFC 67. Sua ultima luta foi travada no UFC Night Fight do dia 1 de abril deste ano. Foi um combate parelho contra o brasileiro Rafael do Anjos, mas o americano de Santa Rosa levou a melhor na decisão dos juizes. Vitórias marcantes: Gleison Tibau, Decisão unânime no UFC 81 Breaking Point em 02/02/2008 Clay Guida, Decisão Dividida UFC 72 Victory em 16/06/2007 Jorge Evangelista, Nocaute ( socos ) no GC 46 Avalanche em 11/12/2005    Prospectiva de futuro: Tyson Griffin é uma das promessas da categoria. Com apenas 25 anos de idade, vem em uma evolução constante tanto na parte de jiu-jitsu quanto na parte de boxe. Pode estar entre os candidatos a disputar o cinturão em talvez mais duas lutas, se confirmar a vitória contra Hermes França. ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- *Junior Cigano vs. Mirko Cro Cop Categoria: Heavyweight Division (Over 205 lbs) Divisão dos pesos pesados acima de 93 kilos Nome: Junior "Cigano" dos Santos Lutas no MMA: 8  -  1  -  0 (Vitórias - Derrotas - Empates) Peso: 108kg Altura: 1,94 cm Idade: 25 anos Talvez estejamos vivenciando o inicio da história de um promissor atleta. Com apenas 5 anos de treinamento, o catarinense apelidado como Cigano por causa dos cabelos longos de outrora já vem tendo resultados contundentes e do jeito preferido do publico, o nocaute. Agora no UFC 103 em sua terceira luta no evento, o brasileiro já pega uma das lendas da categoria, e com plenas chances de vencer. Com o boxe afiado, ele é treinado pelo Luiz Doria, um ícone do boxe nacional,que treinou campeões como Acelino Popó, Maguila e o próprio Rodrigo Minotauro. Vitórias marcantes: Stefan Struve, Nocaute técnico, via socos no UFC 95 - Sanchez vs. Stevenson em 21/02/2009    Fabricio Werdum, Nocaute técnico, via socos no UFC 90 - Silva vs. Cote em 25/10/2008 Prospectiva de futuro: Saindo vitorioso no sábado, Junior fica próximo do topo e pode chegar perto do cinturão em breve. E poderá enfrentar o ganhador da luta entre Cain Velasquez e Ben Rothwell que acontece no UFC 104 e que deve decidir um dos candidatos ao titulo dos pesados. ------------------------------------------------ Mirko "Cro Cop" Filipovic Lutas no MMA: 25  -  6  -  2 - 1 (Vitórias - Derrotas - Empates - No Contest ( vitória ou derrota contestável por erro de arbitragem, ou golpe irregular que impediu a continuação do combate ) ) peso: 100kg Altura: 1, 88cm Idade: 36 anos Estamos diante de uma dos maiores lutadores da historia deste esporte, um dos melhores Strikers que o MMA já viu. Sim, o Policial Croata pode ser denominado assim. Ao longo da carreira conquistou vários cinturões, assim como vitórias espetaculares contra os melhores de sua categoria. Porém, vem em baixa a algum tempo, precisamente após ter sido nocauteado pelo brasileiro Gabriel Gonzaga no UFC 70, sendo surpreendido com até então sua maior arma, o chute alto na cabeça. Acabou afastado do esporte por um tempo. Fez algumas cirurgias, uma inclusive no joelho e retornou a ativa há praticamente 1 ano, mas desde então não lutou com nenhum atleta de peso, apenas contra três atletas do segunda escalão da categoria, mas promete agora mostrar que ainda pode ser o antigo Cro Cop. Vitórias marcantes: Kazushi Sakuraba, Nocaute técnico no PRIDE - Shockwave  em 28/08/2002 Aleksander Emelianenko, Nocaute, chute na cabeça e socos no PRIDE - Final Conflict 2004 em 15/08/2004    Josh Barnett, Submission no PRIDE 28 - High Octane em 31/10/2004    Kevin Randleman, Submission, via guilhotina no PRIDE - Shockwave 2004 em 31/12/2004 Mark Coleman,  Nocaute, socos no PRIDE 29 - Fists Of Fire em 20/02/2005    Wanderlei Silva, Nocaute técnico, chute na cabeça no PRIDE - Final Conflict Absolute em 10/09/2006 Prospectiva de futuro: Por toda sua história o topo é lugar cativo do croata. Portanto, caso venha a vencer no dia 19, pode se aproximar do cinturão apenas com mais uma luta na categoria. Mais adi8ante, poderá enfrentar  o brasileiro Rodrigo Minotauro, seu algoz no passado. Sonhar com o titulo, só a partir de 2010, pois este ano já está programado o confronto entre o campeão Brock Lesnar e o grandalhão Shane Carwin marcado para o UFC 106. ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- * Vitor Belfort vs. Rich Franklin Categoria: Catch Weight Division (195 lbs) Categoria entre 2 pesos 84 e 93 kilos, lutadores com 88,5kg Nome: Rich "Ace" Franklin Lutas no MMA: 25  -  4  -  0 (Vitórias - Derrotas - Empates) Peso: 88,5kg Altura: 1,86cm Idade: 35 anos Com quase 30 lutas no MMA, Rich coleciona um cartel muito bom com apenas 4 derrotas. Porém, 3 dessas derrotas foram para brasileiros: Anderson Silva no UFC 64 e 77 e Lyoto Machida, o campeão dos meio pesados, no Inoki Festival em 2003. Franklin é um lutador completo, tem bons socos e a maioria das suas vitórias ocorreu na luta em pé, mas não deixa de ser um excelente lutador de grappling tendo 9 êxitos por finalização na carreira. A sua ultima aparição no octogono foi no UFC 99, na Alemanha, onde venceu o curitibano Wanderlei Silva por decisão unânime dos jurados. Vitórias marcantes: Ken Shamrock, Nocaute Técnico (socos) no UFC - The Ultimate Fighter 1 Finale em 09/04/2005 Nate Quarry, Nocaute ( socos )  no UFC 56 - Full Force  em 19/11/2005 Yushin Okami, decisão unânime no UFC 72 - Victory  em 16/06/2007 Travis Lutter, Nocaute Técnico (socos) no UFC 83 - Serra vs. St. Pierre II em 19/04/2008    Prospectiva de futuro: Esta é a segunda luta em sequência de Rich Franklin na Catch Weight Division ( Categoria entre 2 pesos 84 e 93 kilos, lutadores com 88,5kg). Muitos dizem que esta pode ser uma divisão de peso oficial em algum tempo. Rich garante que abandonou os 84 kilos, categoria que foi campeão por um longo período e agora é dominada pelo brasileiro Anderson Silva. Portanto, ele deve firmar na Cath Weigth ou mesmo entre os atletas com 93 kilos (meio pesados). Para pensar em cinturão em uma dessas duas categorias, ele terá que galgar vitórias contundentes. ------------------------------------------ Nome:   Vitor "The Phenom" Belfort  Lutas no MMA:  18  -  8  -  0 (Vitórias - Derrotas - Empates) Peso: 88,5kg Altura: 1,83cm Idade: 32 anos Vitor Belfort dispensa comentários. Um dos pioneiros neste esporte, foi um dos primeiros brasileiros a fazer grande sucesso no UFC. Por duas vezes conquistou o cinturão do evento e já venceu grandes atletas, como, por exemplo, Randy Couture no UFC 46. Vitor podemos dizer que é um lutador em todos os sentidos, passou por grandes problemas pessoais e mesmo assim continua ativo, e cada vez melhor. Como muita gente tem feito desde que o MMA entrou na Era Machida, ele deu muita ênfase ao karate para esta luta. Vem de seqüência de quatro vitórias. Para parte dos fãs, ele está melhor do que nunca. Vitórias marcantes: Wanderlei Silva, Nocaute técnico (socos )no UFC Brazil - Ultimate Brazil em 16/10/1998 Heath Herring, decisão unânime no PRIDE 14 - Clash of the Titans  em 21/05/2001 Randy Couture, Nocaute técnico no UFC 46 - Supernatural em 31/01/2004    Matt Lindland, Nocaute (socos) no Affliction - Day of Reckoning em 24/01/2009   Prospectiva de futuro: Vitor pode estar muito perto do cinturão dos médios, categoria onde o lutador conseguiu suas ultimas vitórias e que é dominada pelo Anderson Silva. Caso ganhe de Rich Franklin poderemos mais adiante um confronto entre brasileiros nesta divisão de peso. ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- O UFC 103 será exibido a partir de 23 h pelo canal Combate, da Globosat. Card principal: Vitor Belfort  X Rich Franklin Junior Dos Santos X Mirko Cro Cop Martin Kampmann X Paul Daley Josh Koscheck X Frank Trigg Hermes Franca X Tyson Griffin Lutas preliminares (não haverá exibição pela TV) Efrain Escudero X Cole Miller Drew McFedries X Tomasz Drwal Jim Miller X Steve Lopez Rafaello Oliveira X Nik Lentz Rick Story X Brian Foster Eliot Marshall X Jason Brilz Vladimir Matyushenko X Igor Pokrajac Rob Emerson X Rafael Dos Anjos Atualização da madrugada: Seguem os vídeos das principais lutas do UFC 103: Vitor Belfort  X Rich Franklin Junior Dos Santos X Mirko Cro Cop Martin Kampmann X Paul Daley Josh Koscheck X Frank Trigg Hermes Franca X Tyson Griffin

Blogs que citam este Post

Sunday, 28 de June de 2009

"Rezem por mim", pede Thiago Pitbull na coluna do Mano a Mano

Último round! Coluna publicada aos domingos no Mano a Mano.
Josh Hedges

Foto: Josh Hedges

Pitbull diz que GSP vai "pagar" pelo seu suor De Thiago Aleves Pitbull em entrevista ao site Fighters Only: "Todo este treinamento, sofrimento e trabalho duro que estou tendo, alguém vai ter que pagar. Eu tenho que batê-lo, eu estou apreensivo para realizar logo esta luta. Eu não odeio o GSP, não tenho nenhum problema com ele ou qualquer dos meus adversários, mas eu não gosto deles quando estou dentro do octagon, eu só quero vencê-los.” GSP, iniciais para Georges ST Pierre, um canadense considerado um mito do MMA e o detentor do cinturão dos meio-médios do UFC. Pelo menos até o dia 11 de julho, quando enfrenta o Pitbull. "Rezem por mim", pede Pitbull Recado de Thiago Alves Pitbull para os leitores do blog Mano a Mano do Terra Magazine: - Rezem muito por mim, torçam bastante e podem começar a comemorar porque esse cinturão é nosso! Amanhã de manhã não perca a entrevista exclusiva com Pitbull, aqui no Mano a Mano. Mondragon no Maracãnazinho? Geronimo "Mondragon" dos Santos é mais um nome cotado para lutar no Bitetti Combat 4, dia 12 de setembro, no Maracanãzinho. Seu cartel é de 11 vitórias e sete derrotas. Já derrotou o perigoso Edson Paredão e perdeu para o funcionário do UFC Júnior Santos Cigano. Como já adiantou o blog, Paulão Filho garantiu presença no evento. Ricardo Arona também prometeu estar no card. Rogério Minotouro e Vitor Belfort disseram que foram convidados, mas ainda não sabem se lutarão. (Relembre aqui) Dana White no Maracãnazinho? O empresário Jorge Guimarães, o Joinha, será incubido da tarefa de trazer Dana White, presidente do UFC, para o Bitetti Combat 4. É o papo que rola entre os lutadores convidados para o evento. Detalhes do Bitteti Combat e a confirmação do card só serão revelados depois de um encontro entre os promotores do evento e Sérigo Cabral, governador do Rio. O que deve acontecer na próxima semana. Zach amigo da onça Quem tem o treinador de wrestling Zach Light como amigo não precisa de inimigos. Se Michael Bisping, maior nome do MMA britânico, seguir os conselhos de Zach é pule de dez a sua derrota para Dan Henderson. Os dois se enfrentam na 100a edição do UFC, dia 11 de julho. Para Zach, Bisping sairá vitorioso se aplicar uma estratégia focada em quedas e clinchs, Justamente a especialidade de Dan. O americano lutou nas Olimpíadas de Barcelona e é muito mais eficiente no clinch do que o Bisping. Mas Zach parece ignorar isso. Segue o que ele disse: - Ele vai derrubar o Dan Henderson mais de uma vez durante a luta. Essa é a maneira que ele vencerá a luta. É assim que eu vejo a luta. Quando eles começarem a clinchar e tentar derrubar, o Michael vai acabar por cima o tempo todo. Quem tem a mão mais pesada? Afinal, quem tem o soco mais potente? A besta fera Brock Lesnar, campeão dos pesados do UFC, ou um dos possíveis candidatos ao cinturão, Shane Carwin? Brock Lesnar comentou que antes do início do UFC 96 foi testada a potência do soco de cada um deles. Segundo Lesnar, o seu poder de punch foi avaliado em 1350 libras por polegada quadrada e o de Carwin em 1200. Irritado com a notícia espalhada por Lesnar, Carwin o acusou de ser um "mentiroso" e jurou de pés juntos nunca ter feito esse tipo de teste. Luta mais dura da vida do Cigano não foi na derrota Júnior Cigano é uma das maiores promessas entre os pesados no Brasil. Com 8-1 no cartel e duas vitórias expressivas no UFC, ele começa despontar como possível candidato ao cinturão. Joaquim Ferreira, o Mamute, foi o único a vencê-lo. Porém, Cigano considera Edson Paredão o cara mais duro que já enfrentou, mesmo tendo-o vencido no primeiro round.   - Edson Paredão foi o adversário mais duro, mais que o Mamute que me finalizou logo no início da luta. Deu nem tempo de me apresentar direito – relembra Cigano. Paulão é único capaz de bater o Anderson, aposta Bebezão Além de ter sido escalado para representar o Brasil na Copa do Mundo de MMA promovida pela M1 Global, Alexandre Bebezão Machado (3-0) também é sparring de Anderson Silva e Paulão Filho. Perguntado pelo blog se existiria alguém capaz de bater o Anderson, Bebezão não ficou em cima do muro. Para ele, Paulão é único que teria chances de destronar o campeão do UFC. Bebezão acha, inclusive, que Paulão teria um leve favoritismo nesse hipotético e pouco provável combate. Sobre as chances de Demian Maia vencer Anderson, Bebezão foi categórico: - O Thales Leites tem um chão bom, é mais forte e melhor em pé do que o Demian e não fez nada contra o Anderson. Imagina o Demian, não teria a menor chance, - finalizou Bebezão.

Blogs que citam este Post

Terra Magazine América Latina, Veja a edição em espanhol