Terra Magazine

quinta-feira, 23 de julho de 2009

As 20 lutas mais espetaculares da história do UFC

Duas semanas atrás o UFC chegou à sua 100ª edição com um mega evento exibido para mais de 300 milhões de telespectadores. Dias antes, essa organização especialista em promover lutas de MMA (Vale Tudo) lançou uma revista comemorativa para celebrar a marca histórica de uma centena de torneios.

Uma das matérias, de autoria do repórter Sean Hyson, trouxe aquelas que seriam as 20 lutas mais espetaculares da história do UFC, evento criado em 1993 pelo brasileiro Rorion Gracie.

A frenética troca de socos entre Forrest Griffin e Stephan Bonnar, em abril de 2005, ficou em primeiro. Esse combate travado quase todo em pé começou com uma audiência perto de 1 milhão de telespectadores e terminou 15 minutos depois com 3,2 milhões.

Era a primeira vez que o UFC mostrava uma luta ao vivo na TV por assinatura. Seus eventos costumam ser exibidos apenas pelo sistema pay-per-view. Bonnar vs Griffin se enfrentaram pela final da 1ª edição de um reality show promovido pelo UFC. 

Dana White, presidente do UFC (o careca da foto acima), assinou um artigo na revista comemorativa que mostra sua empolgação com o futuro do evento. Diz ele:

“O UFC 100 celebra o fim da primeira era da nossa companhia e do nosso esporte. O que significa que é o início da próxima era, que já começa arrebentando com um dos maiores eventos da história do UFC (o UFC 100). Confie em mim, o melhor ainda está por vir.”

Baixe a revista do UFC 100 aqui e veja (em inglês) Dana, o ranking e o restante da publicação que ao todo tem 154 páginas.

Segue o ranking com as 20 melhores lutas de todos os tempos e os links dos vídeos para assistir aos combates.

Forrest Griffin, Randy Coutue e Tito Ortiz são os atletas que mais aparecem na lista (3 vezes). Do brasil, figuram no ranking os lutadores Royce Gracie (duas vezes), Pedro Rizzo e Wanderlei Silva.

As 20 maiores lutas do UFC:

1-Forrest Griffin vs Stephan Bonnar I: TUF Finale, Abril 9, 2005, Las Vegas.
Vídeo da luta

2-Matt Hughes vs. Frank Trigg II: UFC 52, Abril 16, 2005, Las Vegas.
Vídeo da luta

3 - Karo Parisyan vs. Diego Sanchez: Ultimate Fight Night 6, Agosto. 17, 2006, Las Vegas.
Vídeo da luta

4- Forrest Griffin vs. Quinton Jackson: UFC 86, Julho 5, 2008, Las Vegas. 
Vídeo da luta

5-Chuck Liddell vs. Wanderlei Silva: UFC 79, Dezembro. 29, 2007, Las Vegas.
Vídeo da luta

6-Spencer Fisher vs. Sam Stout II: UFC Fight Night 10, Junho 12, 2007, Hollywood, Fla.
Vídeo da luta

7-Tito Ortiz vs. Frank Shamrock: UFC 22, Setembro. 24, 199, Lake Charles, La.
Vídeo da luta

8-Kendall Grove vs. Ed Herman: TUF 3 Finale, Junho 24, 2006, Las Vegas.
Vídeo da luta

9-BJ Penn vs. Georges St-Pierre I: UFC 58, Março 4, 2006, Las Vegas.
Vídeo da luta

10-Clay Guida vs. Roger Huerta: TUF 6 Finale, Dezembro. 8, 2007, Las Vegas.
Vídeo da luta

11-Randy Couture vs. Pedro Rizzo I: UFC 31, Março 4, 2001, Atlantic City.
Vídeo da luta

12-BJ Penn vs. Jens Pulver I: UFC 35, Janeiro. 11, 2002, Uncasville, Conn.
Vídeo da luta

13-Shonie Carter vs. Matt Serra: UFC 31, Maio 4, 2001, Atlantic City
Link para baixar a luta, porém precisa pagar

14-Royce Gracie vs. Kimo Leopoldo: UFC 3, Setembro. 9, 1994, Charlotte, N.C.
Vídeo da luta

15-Forrest Griffin vs. Tito Ortiz: UFC 59, Abril 15, 2006, Anaheim, Calif.
Vídeo da luta

16-Royce Gracie vs. Ken Shamrock I: UFC 1, Novembro. 12, 1993, Denver.
Vídeo da luta

17-Randy Couture vs. Tim Sylvia: UFC 68, Março 4, 2007, Columbus, Ohio.
Vídeo da luta

18-Chuck Liddell vs. Tito Ortiz I: UFC 47, Abril 2, 2004, Las Vegas.
Vídeo da luta

19-Frank Mir vs. Brock Lesnar I: UFC 81, Fevereiro. 2, 2008, Las Vegas.
Vídeo da luta

20-Randy Couture vs. Tito Ortiz: UFC 44, Setembro. 26, 2003, Las Vegas.
Link dos melhores momentos

* A revista comemorativa foi publicada pela American Media Inc (AMI) em parceria com o UFC e está à venda nas bancas dos Estados Unidos e em alguns mercados internacionais.

Blogs que citam este Post

sábado, 18 de julho de 2009

Massacre contado em oito imagens e opinião de Minotauro

Tags:, , , , - Guga Noblat às 09:57:28

Uma semana atrás o godzilla albino Brock Lesnar, um americano bisonho de 1,88cm e mais de 120kg, deu uma surra legendária em seu compatriota Frank Mir para assegurar o título de campeão dos pesados do UFC (evento de MMA – Vale Tudo).

Os dois atletas tinham se enfrentado em fevereiro de 2008 pelo UFC 81, com vitória de Mir no 1 round por finalização (chave de joelho / torção). Sábado passado, Lesnar se vingou com um nocaute brutal ao aplicar uma saraivada de socos na cabeça de seu algoz.

A luta fechou uma noite de 10 embates travados pela 100ª edição do UFC, no Mandalay Center, em Las Vegas. E foi vista por mais de 300 milhões de telespectadores mundo afora.

Versado em wrestling (jogo de quedas), Lesnar migrou do telecatch (lutas combinadas) para o MMA em 2007 e menos de dois anos depois bateu Randy Couture para sagrar-se campeão. Apesar de ser um novato, ele furou a fila dos desafiantes graças à sua popularidade e poder de vendas. Seu cartel é de quatro vitórias e uma derrota.

Rodrigo Minotauro Nogueira, brasileiro mais próximo de disputar o cinturão dos pesados, comentou ao blog Mano a Mano o que acha do pouco experiente Lesnar ser o campeão:

- O Lesnar com poucas lutas já mostrou que podia estar lá (entre os melhores). Mas não sei se ele já merecia ser campeão. Talvez, se ele tivesse que ter lutado dez vezes para chegar à disputa de título, ele não tivesse se tornado campeão. Porque quando você faz dez lutas, você vai se machucando com o tempo e isso te prejudica (a longo prazo). Mas ele aturou a pressão (de uma luta pelo título). O psicológico do cara é bom. Mas vamos ver se ele segura o cinturão por muito tempo.

Segue uma sessão de oito fotos de Josh Hedges, fotógrafo oficial do UFC, com imagens do massacre empregado por Lesnar sobre Mir:

Link do vídeo da luta:

Lesnar vs. Mir
http://www.megavideo.com/?d=TFFVS80K ou
http://www.megaupload.com/?d=TFFVS80K

Blogs que citam este Post

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Derrota do Pitbull na disputa pelo cinturão contada em 16 imagens

Tags:, , - Guga Noblat às 11:44:06

Não deu para o cearense Thiago Alves Pitbull tomar do canadense Georges ST.Pierre o cinturão dos meio-médios (77kg) do UFC, no último sábado. Se tivesse vencido, o Brasil passaria a ser dono de três dos cinco cinturões disputados nesse que é o maior torneio de MMA (esporte outrora chamado de Vale Tudo) do planeta.

A batalha travada na madrugada deste sábado para domingo, diante de 11 mil espectadores apinhados no Mandalay Bay Center, Las Vegas, durou 25 minutos e cinco rounds.

O canadense foi superior durante toda a luta. Mas Pitbull se empenhou em vencer, até quando já não dava mais. Mesmo com os olhos encolhidos pelos inchaços provocados por cotoveladas e socos, o brasileiro não perdeu a mira de ST Pierre e parecia inabalável.

Miltinho Vieira é faixa-preta de Jiu-Jítsu, atleta de MMA e colega de Pitbull. Ele deu sua opinião a propósito do desempenho do cearense para os leitores do blog Mano a Mano. Segue abaixo:

- Eu conheço o Pitbull, é um cara que mostrou sua força. Chamei um pessoal que não tem o costume de ver lutas para ver o UFC lá em casa. Teve uma amiga que tava vendo pela primeira vez. No fim da luta, ela chorou impressionada com a força de vontade do Pitbull. Ele não parou a luta inteira. O ST Pierre lutou, ganhou, realmente, mas segurou o gás, se movimentou por cima, deu aquela amarrada na luta, que todo mundo que está superior vai dar, é normal. Mas, o Pitbull tem méritos pela sua atuação, tanto quanto o ST. Pierre que venceu a luta. O Pitbull foi um cara que lutou do início ao fim mesmo sabendo que a luta já tava perdida, e são poucos que lutam do início ao fim. Ele viu que tinha perdido os três primeiros rounds, sabia que o negócio tava difícil e mesmo assim não desistiu. Tem méritos iguais aos do campeão.

Segue uma sessão de 16 fotos tirada por Josh Hedges, fotógrafo oficial do UFC, que mostra um pouco da luta travada na histórica edição número 100 do evento americano:

Links com o vídeo da luta:

St. Pierre vs. Alves -
http://smotri.com/video/view/?id=v10494893d03 (password: 26567) ou
http://www.megaupload.com/?d=Q6WJ4EX8

Blogs que citam este Post

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Minotauro analisa Frank Mir, Pitbull e UFC 100

Tags:, , , , - Guga Noblat às 10:12:58

UFC

Foto: UFC

Sem demonstrar surpresa com o resultado do combate principal da noite de lutas do UFC 100, Rodrigo Nogueira Minotauro conversou ontem em Las Vegas com o colaborador especial do blog Mano a Mano e representante comercial da Pretorian Tiago Cruz.

Para Minotauro, era esperado que Brock Lesnar mantivesse seu cinturão no duelo travado contra o desafiante Frank Mir. Segundo revelou o faixa-preta de Jiu-Jítsu, Mir não um atleta ”que agüenta levar porrada”. Uma das qualidades de Lesnar e saber controlar o oponente no solo para atingi-lo com socos por cima (o chamado ground and pound).

Só um atleta escolado em apanhar sem fazer bico para dar conta do godzilla albino Lesnar, vulgo Brockzilla, disse o brasileiro. Coincidência ou não essa é justamente uma das grandes qualidades de Minotauro, vide sua vitória contra o bizarro Bob Sapp, um sujeito de mais de 160kg que costuma esmagar maçãs usando uma única mão.

Minota frisou que Mir tinha técnica para se sobressair diante da força bruta de Lesnar, mas lhe faltava uma tolerância maior às pancadas e uma estratégia mais adequada ao seu oponente. Segundo Minota, Mir não podia ter levado golpes duros tão cedo, enquanto seu oponente ainda tinha gás e força de sobra. A luta acabou no começo do segundo round.

Mir foi o último lutador a vencer Minota e o único a nocauteá-lo.

Ex-campeão peso-pesado do Pride e interino do UFC, Minota lamentou a atuação do seu compatriota Thiago Pitbull Alves, derrotado pelo canadense  Georges ST. Pierre na disputa pelo cinturão dos meio-médios (77kg).

Segundo Minota, o cearense Pitbull tinha tudo para vencer esse combate, mas “cometeu o vacilo” de partir para cima do rival com muita vontade e abriu espaços para que fosse derrubado com facilidade. “O Pitbull não podia jogar tão pra frente”, observou.

Sobre a terceira luta mais aguardada do UFC 100, o confronto entre os arquiinimigos Michael Bisping vs Dan Henderson, o brasileiro foi direto ao ponto: “O Bisping entrou no único erro que não podia ter cometido. Caiu no mata cobra (soco desferido sem direção em com muita potência) lançado por Dan”, resumiu Minota.

A 100ª edição do UFC lotou as 11 mil cadeiras distribuídas no Madalay Bay, Resort Las Vegas, palco das lutas. Foram travados 10 combates, dois deles em disputas pelo cinturão. “Foi um show à parte, um show especial, vale ressaltar isso”, disse Minota. Acompanhe as notas abaixo para ler a cobertura completa do blog.

Antes de se despedir de Tiago e dos leitores do blog Mano a Mano, Minotauro revelou que tem feito um trabalho exaustivo de wrestling para sua próxima luta contra o americano versado em greco-romana Randy Couture. Inclusive, tem treinando com wrestles do time nacional norte-americano “para conseguir impor a estratégia certa no dia da luta”, explicou Minota.

Minota vs Randy será a luta principal do UFC 102 programado para o dia 29 de agosto em Portland, EUA.

* Tiago, ex-atleta de MMA, está em Las Vegas a serviço da Pretorian, marca de equipamentos esportivos e patrocinadora de inúmeros lutadores, como o próprio Minotauro.

Links da notas anteriores com a cobertura do UFC 100 feita por este blog:

* Pitbull sai com o bolso cheio de dinheiro, mas sem o cinturão

* Número dois da Inglaterra comenta a derrota do número um no UFC 100

* US$ 5 mil para ver o UFC 100

* 300 milhões de telespectadores de olho no UFC 100

* Royce Gracie na frente de Anderson Silva no ranking de 100 edições do UFC

* 11 lutadores avaliam Pitbull vs GSP

* Pitbull avisa: vou chutar o traseiro do GSP

* Tropa de elite bem representada no UFC

* Thiago Pitbull promete nocautear Georges ST. Pierre e ir atrás de Fitch

Blogs que citam este Post

domingo, 12 de julho de 2009

Pitbull sai com o bolso cheio de dinheiro, mas sem o cinturão

Tags:, , , - Guga Noblat às 08:30:12

Divulgação

Foto: Divulgação

Nem o policial do Bope nem o enfezado Pitbull. A estrela da noite de combates de MMA (Vale Tudo) travados na madrugada deste sábado chama-se GSP, abreviação para Georges ST. Pierre.

O canadense manteve o cinturão dos meio-médios depois de bater o cearense Thiago Alves, vulgo Pitbull, de maneira incontestável. Ainda faturou, só de bolsa, US$ 200 mil pela luta e um extra de US$ 200 pela vitória. Foi o atleta mais festejado pela platéia de 11 mil espectadores acomodada no cassino do Mandaley Bay Center, em Las Vegas.

Por fim, GSP se esquivou em falar sobre um possível combate contra o curitibano Anderson Silva, campeão do médios e lutador mais bem sucedido na história do UFC. O objetivo do canadense agora é tornar-se o melhor entre todas as categorias de peso.

Pitbull lucrou US$ 60mil de bolsa, mas poderia ter dobrado seus ganhos se tivesse vencido. Com a derrota, deixou de tomar para o Brasil o terceiro cinturão de cinco disputados no UFC. Os títulos dos médios e meio-pesados estão nas mãos de brasileiros.

O campeão dos pesados, Brock Lesnar, foi quem mais saiu com o bolso cheio na edição de número 100 do bilionário UFC (maior evento de MMA). Só para defender o título de campeão embolsou US$ 400 mil. O seu desafiante Frank Mir recebeu US$ 45 mil. Teria recebido mais US$ 45 se não tivesse sido derrotado.

Antes da luta pelo título dos pesados, o pesadíssimo congolês radicado na França Cheick Congo disse ao colaborador especial deste blog Tiago Cruz que não tinha uma previsão para o vencedor do duelo entre Mir e Lesnar. Mas achava que Mir só sairia sem a vitória se perdesse a lucidez durante a luta e “partisse pra cima sem pensar”.

O que se viu foi um Lesnar focado no seu jogo de quedas e sem abrir espaço no chão para os golpes de Mir. Ele sufocou Mir e com seu peso e sua força aplicou uma série de socos que nocauteou seu rival enquanto estavam no solo. Sob as vaias de um público que não aceita um ex-lutador de pro-wrestling (telecatch) no MMA, Lesnar deixou a arena do UFC, mas não antes de fazer um gesto obsceno para a platéia com os dedos das mãos em riste.

Ludibriado pelo sabor doce da vitória, Lesnar ainda lançou um desafio ao maior nome do MMA mundial, o russo Fedor Emilianenko – atleta contratado pela M1 Global, arquiinimiga do UFC.

O soldado do Batalhão de Operações da Polícia Militar de Brasília Paulo Thiago perdeu por pontos para o duríssimo Jon Fitch numa luta decidida pelos juízes. Tiago estreara com vitória no UFC diante de Josh Koshceck, atleta número cinco do ranking dos meio-médios. Fitch é o terceiro melhor do peso. Se o tivesse vencido, o brasileiro se tornaria um candidato imediato ao cinturão.

Com a vitória, Fitch volta a figurar entre os prováveis desafiantes ao título. Ano passado ele perdeu um duelo para GSP pela cinta e desde então está numa cruzada por uma revanche.

No encontro entre os técnicos dos times americano e britânico do reality show do UFC, Dan Henderson (dos Estados Unidos) nocauteou de forma brutal seu rival Michael Bisping (Inglaterra). E faturou US$ 100 mil pela luta e mais US$ 150 mil pela vitória. Bisping foi para casa com US$ 150 mil. Teria recebido mais US$ 100mil se não tivesse perdido.

Os famoso bônus por nocaute e finalização da noite que sempre girou na casa dos US$ 40mil saltou no UFC 100 para US$ 100 mil. E foram recebidas por Dan Henderosn, pelo KO em cima do Bisping, e Tom Lawlor, que estrangulou C.B. Dollaway no primeiro round em uma luta preliminar.

Yoshihiro Akiyama e seu adversário Alan Belcher ganharam US$ 100 mil extras por terem feito a melhor luta da noite. A vitória do japonês por pontos é importante para levantar a bandeira do UFC no Japão. Akiyama tem qualidade para fazer frente aos casca grossas do UFC e popularidade para atrair novos fãs orientais.

O UFC 100 teve a audiência recorde de 300 milhões de telespectadores, segundo números revelados pelo presidente do evento, Dana White. Ao todo, o UFC foi exibido em 75 países e em 17 línguas diferentes. 10 combates selaram um dos cards mais sensacionais da história do evento.

* Os salários foram revelados no twitter do jornalista Kevin Iole, do Yahoo.com’s e não incluem o dinheiro pago pelos direitos de imagens dos atletas.

Leia abaixo a cobertura do blog a propósito do UFC 100, os vídeos das lutas principais e o resutado dos embates.

Links da notas anteriores:

* Número dois da Inglaterra comenta a derrota do número um no UFC 100

* US$ 5 mil para ver o UFC 100

* 300 milhões de telespectadores de olho no UFC 100

* Royce Gracie na frente de Anderson Silva no ranking de 100 edições do UFC

* 11 lutadores avaliam Pitbull vs GSP

* Pitbull avisa: vou chutar o traseiro do GSP

* Tropa de elite bem representada no UFC

* Thiago Pitbull promete nocautear Georges ST. Pierre e ir atrás de Fitch

Segue o resultado oficial do UFC 100:

- Brock Lesnar venceu Frank Mir por KO no 2° round – luta pelo título dos pesos pesados;
- Georges St. Pierre venceu Thiago Pitbull na decisão dos jurados – luta pelo título dos meio-médios;
- Dan Henderson venceu Michael Bisping por KO no 2° round;
- Yoshihiro Akiyama venceu Alan Belcher na decisão dos jurados;
- Jon Fitch venceu Paulo Thiago na decisão dos jurados;
- Mark Coleman venceu Stephan Bonnar na decisão dos jurados;
- Jim Miller venceu Mac Danzig na decisão dos jurados;
- Jon Jones venceu Jake O´Brien com uma guilhotina no 2° round;
- Dong-Hyun Kim venceu T.J. Grant na decisão dos jurados;
- Tom Lawlor venceu CB Dollaway com uma guilhotina no 1° round;
- Shannon Gugerty venceu Matt Grice com uma guilhotina no 1° round;

Links dos vídeos das principais lutas:

Akiyama vs Belcher - password: 45655
http://smotri.com/video/view/?id=v1049451cb80 ou
http://www.megaupload.com/?d=1QVCYKZM

Dan Henderson vs Michael Bisping - password: 56844
http://smotri.com/video/view/?id=v1049452ba26 ou
http://www.megavideo.com/?d=0CQPZU5W

St. Pierre vs. Alves - password: 26567
http://smotri.com/video/view/?id=v10494893d03 ou
http://www.megaupload.com/?d=Q6WJ4EX8

Lesnar vs. Mir - password:95533
http://smotri.com/video/view/?id=v1049467fbb8 ou
http://rapidshare.com/files/254883753/Lesnar.vs.Mir.II.avi

Jon Fitch vs Paulo Thiago
http://rapidshare.com/files/254900817/Fitch.vs.Thiago.part1.rar
http://rapidshare.com/files/254900871/Fitch.vs.Thiago.part2.rar

Link com quase todas as lutas: http://fightfans.blogspot.com/2009/07/ufc-100.html

Blogs que citam este Post

Número dois da Inglaterra comenta a derrota do número um no UFC 100

Tags:, , - Guga Noblat às 03:26:18

Direto de Las Vegas, o colaborador especial do blog e representante comercial da Pretorian Tiago Cruz ouviu as lamentações do atleta inglês Dan Hardy depois da derrota de seu compatriota Michael Bisping.

Sentando em uma das 11 mil cadeiras apinhadas no Mandalay Bay Resort e Cassino, o número dois do MMA (Vale Tudo) britânico comentou para o blog Mano a Mano o que achou do desempenho de Bisping no UFC 100, atleta considerado o maior nome da Inglaterra no MMA.

“Ele cometeu o único erro que não podia cometer, caiu no único golpe do Dan Henderson (atleta americano), o swing de direita”. O Handerson só tem isso”, disse Dan.

Ele negou que Bisping seja um atleta supervalorizado no UFC.  “Ele é um ótimo lutador, um grande lutador”, frisou. “Fez lutas duras, como aquela com o Rashad. Mas MMA é assim mesmo, às vezes ganha e às vezes perde”.

Hardy acha que a direção do UFC promove muito bem todos os lutadores do evento. E que o Bisping merece ser uma das estrelas do MMA.

Assim que Bisping desabou nocauteado na lona, parte da platéia inglesa presente à arena onde aconteceu a 100ª edição do UFC pediu para que Hardy vingasse a Inglaterra, esquecendo-se que ele luta numa categoria de peso mais baixa. Mas o atleta dos médios (77kg) afirmou ao blog que nem lhe passa pela cabeça a idéia de subir de peso para enfrentar o Henderson.

Com um comportamento digno de um lorde inglês que se contrastava com o seu cabelo punk e cara de mal, Hardy previu que o bom wrestling do canadense Georges ST Pierre (GSP) faria a diferença no confronto contra o cearense Thiago Pitbull Alves. Mas sua torcida era para o brasileiro. “O Thiago tem um estilo parecido com o meu, torço por ele”, revelou.

Depois da vitória de GSP, que se mantém campeão dos médios (77kg), Hardy rasgou elogios ao canadense. “Ele adotou a estratégia perfeita, não errou nenhum movimento durante toda a luta, foi perfeito”, comentou.

Hardy começou a praticar artes marciais no Taekwon-Do (especialista em chutes) e depois treinou Muay Thai (socos, chutes e cotoveladas). Venceu até hoje três adversários duros no UFC e acumula 22 vitórias e seis derrotas no MMA.

Link da luta Bisping vs Henderson.

* Tiago está nos Estados Unidos a serviço da Pretorian, marca especialista em material esportivo.

Blogs que citam este Post

sábado, 11 de julho de 2009

300 milhões de telespectadores de olho no UFC 100

Tags:, - Guga Noblat às 08:02:33

Daqui a algumas horas, 300 milhões de telespectadores em 75 países estarão prostrados diante da tv de olho na edição de número 100 do UFC. O evento de MMA (Vale Tudo) será exibido em 17 línguas diferentes e venderá nos Estados Unidos, por baixo, mais de 1 milhão de pay-per-vieaws  (sistema de compras da tv por assinatura). O recorde de vendas é de 1,3 milhão no UFC 94.

Os números foram revelados pelo poderoso-chefão do UFC, Dana White, durante entrevista ao vivo exibida ontem pela rede de tv americana CNBC. Segundo ele, “se não fosse pelo tempo” e pelo fato de precisar dormir no fim do dia, esse esporte cresceria ainda mais.

Dana também comentou as notícias a propósito da restrição imposta pelo UFC aos patrocinadores dos atletas. A partir da agora, marcas interessadas em patrocinar lutadores contratados pelo evento terão de bancar mais USS100 mil a cada seis meses para o UFC.

“Chegamos num ponto no MMA em que os lutadores podem ser patrocinados por diferentes marcas. E eu tenho a habilidade de dizê-los que não, porque nós temos os nossos patrocinadores. Então chegamos ao consenso de que se pagarem uma certa quantia para a gente eles podem patrocinar quem eles quiserem”, explicou Dana.

O UFC 100 apresentará um card explosivo, com 10 lutas e duas disputas de cinturão. Uma deles entre o cearense versado em Muay Thai Thiago Alves Pitbull contra a lenda-viva do Canadá Georges ST. Pierre, campeão dos meio-médios (77kg).

No Brasil, o evento será exibido, ao vivo, a partir de 23h, pelo canal Combate, da Globosat. Segundo noticia postada ontem pelo Dana no seu twitter, o site do UFC (www.ufc.com) mostrará as lutas sem custos para o internauta. A rede de tv Televisiva, do México, passará o UFC de graça em seu país.

O UFC 100 será o primeiro evento de luta no Brasil exibido em alta definição (HD). O serviço pode ser adquirido pelos assinantes da NET HD e HD Max que sejam também assinantes do canal Combate, da Globosat. O conteúdo é exibido em HDTV, no formato 16:9 e som Dolby Digital 5.1.

Fique ligado no blog para mais informações. Durante a madrugada, links dos vídeos das principais lutas serão postados aqui.

Card Completo:
Lutas principais
Brock Lesnar X Frank Mir (disputa do título dos pesos pesados)
Georges St-Pierre X Thiago Alves (disputa do título dos pesos meio médios)
Jon Fitch X Paulo Thiago
Dan Henderson X Michael Bisping
Yoshihiro Akiyama X Alan Belcher

Lutas preliminares (Sem exibição pela TV)
Mark Coleman X Stephan Bonnar
Mac Danzig X Jim Miller
Jon Jones X Jake O’Brien
CB Dollaway X Tom Lawlor
Matt Grice X Shannon Gugerty

Blogs que citam este Post

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Royce Gracie na frente de Anderson Silva no ranking de 100 edições do UFC

Tags:, , , - Guga Noblat às 06:54:48

Royce Gracie encaixa uma chave de braço

Royce Gracie encaixa uma chave de braço

Royce Gracie foi o pioneiro. A ele, somam-se outros 69 atletas tupiniquins. Neste sábado, o UFC atingirá sua 100ª edição. Boa parte da história desse evento de MMA (Vale Tudo) deve ser creditada ao esforço e suor de lutadores nascidos no Brasil. E não foram poucos.

Em 15 anos de UFC, 70 atletas nacionais pisaram na arena mais prestigiada do mundo das lutas. Foram travados 266 combates envolvendo brazucas.149 saíram vitoriosos. 116 foram derrotados. Houve um único caso de empate. Cerca de 10% dos embates foram duelos entre brasileiros.

O blog Mano a Mano fez um levantamento sobre o histórico de todos os atletas brazucas no UFC, desde a sua 1ª edição em 1993. E preparou um ranking com o número de vitórias de cada um deles.

Rorion Gracie, filho do falecido mestre Hélio, foi o mentor do UFC. Junto com uma produtora de vídeo americana, a SEG, ele fundou esse evento que deu origem à chamada Era Moderna do Vale Tudo. Desde a década de 30 esse esporte é promovido no Brasil.

O UFC nunca esteve tão forte. Depois de passar pela clandestinidade e ser perseguido por notórios políticos americanos, o evento foi parar na mão de dois ítalo-americanos donos de cassino, os irmãos Fertitta. Só depois de três anos de investimento é que eles passaram a ver a cor do dinheiro. Hoje, a marca UFC vale mais de U$$ 1 bilhão.

Amanhã, um dos atletas brasileiros mais bem sucedidos na história do UFC disputará o título de campeão dos meio-médios (77kg). Thiago Pitbull Alves, do Ceará, vai encarar o canadense Georges ST Pierre, um dos atletas mais respeitados do MMA mundial.

Os brazucas Lyoto Machida (meio-pesado) e Anderson Silva (médios) são os campeões do peso deles. Se Pitbull vencer restarão apenas duas categorias nas mãos de gringos, a dos leves e a dos pesados.

O ranking elaborado por este blog foi estabelecido a partir da analise dos números de vitórias e derrotas dos atleta. Cada vitória rendeu um ponto e a derrota, menos um. Lutas terminadas empatadas valeram meio ponto.

Alguns lutadores acabaram com o mesmo número de pontos. Nesses casos, ficaram na frente os que tinham mais títulos no UFC, ou, então, mais vitórias no currículo. Exemplo. Marco Ruas ganhou quatro e perdeu duas. Ficou com dois pontos. Renato Sobral ganhou seis e perdeu quatro. Também somou dois pontos. Mas como o Ruas já foi campeão do UFC, ele acabou na frente do Babalu, que nunca ganhou o cinturão.

Segue o ranking com a participação de lutadores brasileiros em 100 edições do UFC:

Posição- Atleta - Cartel - Pontuação geral (Vitória, Derrota e Empate)
1º Royce Gracie: 11v-2d-1e. Geral (9.5)
2º Anderson Silva: 9-0-0. Geral (9)
3º Lyoto Machida: 8-0-0. Geral (8)
4º Thiago Alves: 9–2-0. Geral (7)
5º Demian Maia: 5-0-0. Geral (5)
6º Pedro Rizzo: 9-5-0. Geral (4)
7º Vitor Belfort: 7-4-0. Geral (3)
8º Gabriel Gonzaga: 6-3-0. Geral (3)
8º Wilson Gouveia 6-3-0. Geral (3)
10º Thales Leites: 5-2-0; Geral (3)
11º Thiago Silva: 4-1-0. Geral (3)
12º Marco Ruas: 4-2-0. Geral (2)
13º Murillo Bustamante: 3-1-0. Geral (2)
14º Renato Babalu: 6-4-0. Geral (2)
14º Hermes França: 6-4-0. Geral (2)
16º Luis Cané: 3-1-0. Geral (2)
17º Junior Santos: 2-0-0. Geral (2)
18º Rodrigo Nogueira: 2-1-0. Geral (1)
19º Gleison Tibau: 5-4-0. Geral (1)
20º Thiago Tavares: 4-3-0. Geral (1)
21º Fabiano Iha: 3-2-0. Geral (1)
22º Maurício Rua: 2-1-0. Geral (1)
22º Rousimar Palhares. 2-1-0. Geral (1)
24º Paulo Thiago:1-0-0. Geral (1)
24º Ebenezer Fontes: 1-0-0. Geral (1)
24º Túlio Palhares: 1-0-0. Geral (1)
24º César Marscucci: 1-0-0. Geral (1)
24º Macelo Mello: 1-0-0. Geral (1)
24º Rafael Carino 1-0-0. Geral (1)
30º Ricardo Almeida: 3-3-0. Geral (0). *Atleta radicado no Brasil.
31º Fabrício Werdum: 2-2-0. Geral (0).
32º Márcio Cruz: 2-2-0. Geral (0).
33º Amaury Bitetti: 1-1-0. Geral (0)
33º Joe Moreira: 1-1-0. Geral (0)
33º Roberto Traven: 1-1-0. Geral (0)
36º Jorge Gurgel: 3-4-0. Geral (-1)
37º Marcus Aurélio: 2-3-0. Geral (-1)
38º Roan Carneiro: 2-3-0. Geral (-1)
39º Jorge Santiago:1-2-0. Geral (-1)
39º Júnior Assunção. 1-2-0; Geral (-1)
39º Renato Veríssimo: 1-2-0. Geral (-1)
42º Wanderlei Silva: 2-5-0. Geral (-3)

43º Atletas com 0-1-0. Geral (-1 e nenhuma vitória): Adriano Santos, Alexandre Baixinho, André Pederneiras, Allan Goes, Carlos Barreto, Eldo Dias Xavier, Eugenio Tadeu, Fábio Gurgel, Flávio Luiz Moura, Hugo Duarte, João Marcos Pierini, João Roque (nascido em Angola e radicado no Brasil), Jorge Patino Macaco, Marcelo Aguiar, Marcus “Conan” Silveira, Mario “Sucata” Neto, Paulo Santos, Rodrigo Ruas e Wallid Ismail.

62º Atletas com 0-2-0. Geral (-2 e nenhuma vitória): André Gusmão, Alexandre Dantas “Café”, Antonio Mendes “Samurai, Edilberto Crocotá, Fabiano Scherner, Rafael dos Anjos e Vinny “Pezão” Magalhães

69º Atletas com 0-3-0. Geral (-3 e nenhuma vitória): Assuério Silva e Diego Saraiva

Blogs que citam este Post

quinta-feira, 9 de julho de 2009

11 lutadores avaliam Pitbull vs GSP

Tags:, , , - Guga Noblat às 04:42:12

UFC. Georges ST Pierre com o cinturão dos médios

Foto: UFC. GSP com o cinturão dos médios

60 horas antes da batalha mais importante da vida do cearense Thiago “Pitbull” Alves, poucos lutadores brasileiros admitem (pelo menos em público) que ele tem boa chance de perder a disputa pelo cinturão.

A torcida e o coleguismo falam mais alto. Entretanto, em OFF (sem revelar o nome), a história é outra. Sob a condição de ser mantido no anonimato, a maioria dos especialistas ouvidos pelo blog Mano a Mano confidenciou que o brasileiro é o azarão.

Este blog perguntou a 11 lutadores nacionais de MMA (Vale Tudo) quem vencerá a disputa pelo cinturão dos médios (77kg) do UFC? O canadense Georges ST Pierre (campeão) ou Pitbull (desafiante)?

Em ON (mostrando a cara), cinco lutadores apostaram em Pitbull. Quatro ficaram em cima do muro. Dois apostaram no atleta canadense.

Em OFF (sem aparecer), apenas um manteve a aposta em Pitbull. Quatro continuaram em cima do muro. Seis apostaram em Georges ST Pierre (GSP) porque ele teria um jogo mais versátil (sabe derrubar, lutar em pé e no solo).

Porém, é unânime a opinião de que essa luta será épica e parelha, a mais dura da vida de GSP, segundo os atletas ouvidos.

Thiago Pitbull vs GSP é uma das principais atrações da 100ª edição do UFC – maior evento de MMA do planeta. Outras nove lutas serão travadas no mesmo dia. O brasileiro é especialista em Muay Thai (socos e chutes). GSP, em wrestling (derrubar e controlar no solo).

Se Pitbull, 25, vencer, o Brasil será dono de três dos cinco cinturões disputados no UFC. Lyoto Machida é o campeão do meio-pesados (93kg) e Anderson Silva dos médios (84kg). Nunca antes um brasileiro foi campeão dos meio-médios (77kg).

O UFC será exibido a partir de 23h deste sábado, ao vivo, pelo canal Combate, da Globosat. Fiquem ligados na madrugada deste sábado para domingo nas notícias do UFC aqui no blog.

Opinião (em ON) dos lutadores ouvidos pelo blog:

Lyoto Machida (campeão dos meio-pesados do UFC):
Eu acho que o GSP é super completo, domina todos os fundamentos, mas acredito que o Thiago é muito forte e se traçar a estratégia para impor o jogo dele, ficando em pé e evitando cair no chão, acho que ele tem todas as condições de ganhar. É um cara que sabe defender bem as quedas. Quando chega num alto nível a estratégia conta muito. Se ele traçar a estratégia certa, complica para o GSP. Mas se deixar o GSP crescer na parte de quedas, ai complica pra ele. Difícil aprontar o vencedor.

Demian Maia (atleta do UFC):
É uma luta dificílima. Eu acho que se o Thiago fizer uma boa guarda ele tem chance de ganhar. O Georges ST. Pierre derruba muito bem e bate muito bem por cima. Ele tentará magoar o Thiago desse jeito. O Thiago, se cair por baixo, terá que apresentar uma boa guarda para depois voltar em pé, que é onde ele pode impor o jogo dele. Mas não daria uma previsão de quem vencerá.

Roan Carneiro “Jucão” (atleta de MMA e parceiro de treinos do Pitbull):
Sou suspeito pra falar, mas acho que o Pitbull vai nocautear o Georges ST.Pierre. A gente tem treinando bastante e o cara ta voando, o cara ta uma máquina. Eu tenho certeza que ele vai trazer esse cinturão ai para o Brasil. Ele ta numa crescente, na melhor fase da vida dele. Ele vai arrebentar, não tenho dúvida!

Luiz Cané “Banha” (atleta do UFC da mesma equipe do Pitbull):
Vou de Pitbull. Acho que ele nocauteia. Eu treino com o Pitbull hoje, faço parte da equipe dele (a American Top Team). Vi um dia desses uma parte do treino dele e ele está muito forte. Ele é muito forte, tem força para lutar com gente do peso de cima. Para o tamanho dele, a sua a força é impressionante.

Thales Leites (atleta do UFC):

Cara, vai ser um lutão. O Thiago é mais agressivo, mas o Georges ST. Pierre tem mais gás e o wrestling dele é fenomenal. Os dois têm condição de impor o jogo deles.  Eu prefiro ficar em cima do muro. Prefiro não apostar em quem deve ganhar.

Paulo Thiago (atleta do UFC da mesma categoria de Pitbull e GSP):
É difícil saber quem vai vencer. São dois caras muito bons. Cada um tem um estilo de luta. O Thiago é agressivo em pé. O Georges ST. Pierre é mais estratégico e sabe derrubar bem. Não me arrisco a dizer quem vai vencer, mas vou torcer pelo brasileiro.

Carlão Barreto (ex-atleta do UFC e comentarista do canal Combate):
O GSP é um lutador mais tarimbado e ao meu ver mais completo. Porém, sabemos das qualidades do Thiago, ele é explosivo e muito perigoso na trocação. Vejo esse combate da seguinte forma: Se o Thiago não vencer até o 3º round através de um ko, perde na decisão, sendo dominado pelo maior volume e estratégia do GSP. Já comprei a pipoca e o refrigerante, será um belo show.

Tiago Cruz (atleta de MMA com passagem pelo Maxfight):
Eu acho que vai ser uma luta muito parelha, de altíssimo nível, que de um lado vai ter o GSP, que é um lutador completo e estrategista, contra, do outro lado, um Thiago Pitbull, que é um grande striker, um dos melhores da atualidade e que vem com um ímpeto muito forte em busca do cinturão. O moleque vai vir babando. Mas se tivesse que apostar seria complicado, porque os dois têm um nível muito alto.

Antoine Jaoude (atleta de MMA com passagem pela IFL):
Eu conheço o pessoal da American Top Team e eles têm me falado que o Pitbull ta voando, ta na melhor fase dele. Eu sou brasileiro e vou torcer por ele. A luta deve ser mais em pé. O Pitbull vai ganhar com uma joelhada. Acho que ele pode até tentar por o GSP pra baixo. Ele treinou muito wrestling e tem um Jiu-Jítsu muito bom. Com certeza o GSP tá preocupado com o Jiu-Jítsu dele.

Sérgio Moraes (atleta do Bellator):
Eu acho que vai ser um nocaute para o Pitbull. Eu acho que o UFC vai ser do Brasil mais do que nunca. Acredito que entre o 1º e 2º round, o Pitbull nocauteia. O Pitbull é muito forte, vai ser a luta mais complicada da vida do GSP. Vai ser uma luta muito boa. Eu torço para o Pitbull, mas se eu pensar com frieza, sei que é 50% de chance para cada um deles.

Ronnys Torres (atleta do UFC):
Eu torço para o Pitbull, mas o Georges ST Pierre é muito talentoso e estrategista. Acredito que vai dar o ST Pierre porque ele é muito bom de wrestling e ele vai pôr o Pitbull para baixo os cinco rounds. Acho que ele ganha, mas vou torcer para o Pitbull acertar um golpe no 1º ou no 2º round e nocautear o ST. Pierre.

Blogs que citam este Post

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Pitbull avisa: vou chutar o traseiro do GSP

Tags:, , - Guga Noblat às 03:59:42

UFC

Foto: UFC

Nunca antes na história do MMA (Vale Tudo), a hegemonia dos americanos no UFC (maior evento do planeta) foi quebrada. Isso poderá mudar no próximo sábado à noite.

Nesse dia, um jovem cearense de 25 anos de idade especialista em desferir joelhadas, cotoveladas e socos tentará nocautear um dos nomes mais respeitados do MMA mundial, o canadense Georges ST Pierre - campeão dos meio-médios (77kg).

Thiago Alves “Pitbull” terá a dura missão de tomar para o Brasil o terceiro cinturão de cinco categorias de peso promovidas pelo UFC. Anderson Silva é o campeão dos médios e Lyoto Machida dos meio-pesados. Se Pitbull vencer, pela primeira vez os Estados Unidos perderão o posto de país detentor da maioria dos cinturões do UFC .

Pelo que foi mostrado no programa especial de contagem regressiva para o próximo UFC, Pitbull irá babando para cima do GSP - apelido e abreviação de Georges ST Pierre.

Durante o programa, que foi exibido no fim da noite desta terça-feira nos Estados Unidos, Pitbull mandou um recado em alto e bom som para o canadense: “Eu quero que você me leve para o chão, e eu vou chutar o seu traseiro assim que você cometer um erro.”

A especialidade de GSP é controlar seus oponentes no solo atingindo-os com socos e cotoveladas, o que é chamado no MMA de ground and pound. Faixa preta em Muay Thai, Pitbull planeja se tornar o segundo atleta a deixar o canadense inconsciente na base da pancada. GSP já foi nocauteado uma vez a acumula um recorde de 18 vitórias e duas derrotas.

Com um cartel de 16 vitórias e três derrotas, a última em 2006, Pitbull tentará chegar ao seu 11º nocaute diante de GSP.

O canal Combate passará o UFC 100 ao vivo a partir de 23h. A luta do brasileiro será a penúltima do card. Frank Mir vs Brock Lesnar, valendo o cinturão dos pesados, fechará a noite de 1O lutas no Mandalay Bay,em Las Vegas.

O evento histórico marca a 100ª edição do UFC, organização fundada em 1993 pelo brasileiro Rorion Gracie e nas mãos hoje dos irmãos Ferttitas, dois ítalo-americanos milionários.

* Para saber mais sobre Thiago Pitbull, leia a entrevista exclusiva tomada com ele há duas semanas por este blog intitulada “Thiago Pitbull promete nocautear Georges ST. Pierre e ir atrás de Fitch“.

Seguem os momentos de troca de provocações e juras de vitória entre GSP e Pitbull mostradas no programa do UFC.

Thiago
“Eu vou ser o campeão do mundo. Eu tenho 25 anos e to tendo minha chance de disputar o cinturão. Eu vou chocar o mundo. E depois o mundo todo vai olhar e vai dizer “cara, ele conseguiu”.”

GSP
“Eu não luto pelo cinturão, porque eu já tenho o cinturão. Eu luto pelo meu legado. Eu quero ser o melhor lutador da história do UFC entre todas as categorias de peso.”

Thiago
“Eu quero que você me leve para o chão, e eu vou chutar o seu traseiro assim que você cometer um erro.”

GSP
“Thiago nocauteou o Mat Hughes, o Karo Parysian e deu uma lição no Josh Koshceck. Estou feliz de puder lutar contra um cara como o Thiago. Eu quero lutar contra os melhores.”

Thiago
“GSP é o cara, eu tenho muito respeito por ele e quero nocauteá-lo para virar o cara.”

GSP
“Estou acostumado a lutar contra caras bem maiores do que eu. Isso não importa pra mim, porque resistência e técnica ganham do tamanha e da força sempre.”

Thiago
“Eu vou tentar nocauteá-lo. Essa é a maneira que eu gosto de vencer meus adversários e é isso que vai acontecer, vou nocauteá-lo.”

GSP
“Não serei nocauteado pelo Thiago. Pra mim, só resta vencer. E para vencer eu farei qualquer coisa.”

Card Completo do UFC 100:
Lutas principais
Brock Lesnar X Frank Mir (disputa do título dos pesos pesados)
Georges St-Pierre X Thiago Alves (disputa do título dos pesos meio médios)
Jon Fitch X Paulo Thiago
Dan Henderson X Michael Bisping
Yoshihiro Akiyama X Alan Belcher

Lutas preliminares (Não haverá exibição pela TV)
Mark Coleman X Stephan Bonnar
Mac Danzig X Jim Miller
Jon Jones X Jake O’Brien
CB Dollaway X Tom Lawlor
Matt Grice X Shannon Gugerty

Blogs que citam este Post

Terra Magazine América Latina, Veja a edição em espanhol